sábado, 14 de Abril de 2012 11:07h Luciano Eurides

Guarani muda o jeito de jogar para enfrentar o América

O Guarani treina para superar as dificuldades e encarar o América Mineiro, na Arena do Jacaré, domingo ás 16h. Bruno Maia foi liberado pelo Coelho e alivia a ausência de tantos jogadores.
Estão fora da partida Michel Elói e Chico Marcelo, cumprirão suspensão pelo cartão vermelho. André irá cumprir a suspensão pelo terceiro cartão amarelo, Léo Medeiros e Felipe Cafu estão fora por lesão.  A solução foi improvisar.
Gian Rodrigues irá utilizar os jogadores que mais atuaram na competição, minimizando a falta de entrosamento. O esquema é simples na marcação e ousado no ataque. Quando o time está com a bola são três zagueiros: Negretti, Bruno Maia e Marcio Santos. Carlinhos, Ivan, Luisinho e Tita formam o meio campo. Walter Minhoca ataca pela direita, Magalhães pela esquerda e Marinho pelo centro, sendo um 3-4-3. Sem a bola Tita, volta na marcação pela esquerda ao lado da zaga. Magalhães e Walter Minhoca se posicionam no meio. Fazendo o 4-5-1. Assim o provável time é Tiago Régis, Negretti, Bruno Maia, Marcio Santos e Tita. Luisinho, Carlinhos, Ivan, Magalhães e Walter Minhoca. Marinho o homem de área.
Para Marinho o importante é o time jogar para vencer, se motivar com a vaga na série D e superar todos os obstáculos. “Temos de vencer. O primeiro objetivo era o G4, já não temos mais essa oportunidade, vamos em busca do segundo objetivo que é a série D. Para isso precisamos fazer  um grande jogo e vencer fora de casa. Superação. Momentos difíceis que passamos nesse campeonato, coisas que não teriam de ter acontecido, tanto da diretoria como nossa dentro da partida. Superar”, declarou ele que está com dores no pé direito e quer de toda forma estar no jogo. “Essa hora que tem de ajudar a equipe pela qual está vestindo a camisa. Não vejo motivo algum para não jogar. Eu via uma reportagem sobre a dor   no jogador de futebol. Sempre vem as dores e teremos um tempo para recuperarmos e jogarmos no segundo semestre e que seja aqui ou onde for. Para eu ficar não depende só de mim. Eu quero, tenho o prazer de vir trabalhar e minha família este feliz. Para isso temos de fazer um grande jogo contra o América e se classificar para a série D”, declarou.
Para o goleiro Tiago Régis um momento de entrar para a história. “Nosso grupo tinha o objetivo do G4, a classificação para a série D, inédita para o Guarani, fecharia o trabalho com chave de ouro. Eu espero que esse grupo fique marcado por assumir esse compromisso. Temos um elenco grande, quem entrar vai substituir no mesmo nível, vamos dar a vida pelo Guarani, pera a torcida e em especial aquele grupo que está apoiando sempre (Torcidas Organizadas que sempre se posicionam atrás do gol)”, disse e avaliou o ano de 2012 em referencia a 2011. “Bom não só pra mim, estávamos brigando para não cair e vivi esse momento. Esse ano mostrei meu trabalho. Eu olhando pelo lado de ser o goleiro mais novo no campeonato mineiro, fiz minha estreia no brasileiro sendo o mais jovem também. Fiz um bom campeonato, pude ajudar e quero ajudar mais ainda no domingo”, falou Tiago que tem propostas de outros clubes.
América
O time do América deve poupar alguns jogadores que vem de uma maratona de jogos. Patrick poderá ganhar a vaga no time titular. Garantido na terceira colocação, a equipe ainda aguarda a definição dos dois primeiro lugares para conhecer seu adversário nas semifinais.
Bruno Meneghel chegou no começo da temporada, vindo do Criciúma (SC), depois de ter feito sucesso no futebol carioca, jogando pelo Resende. Marcou sua carreira, ao fazer dois gols na vitória por 3 a 0 sobre o Flamengo, em 2009, classificando sua equipe para a final da Taça Guanabara ( perdeu o título para o Botafogo). Meneghel entrou no segundo tempo no amistoso contra o Cruzeiro (3 a 2) e fez o último gol, cobrando pênalti. Sofreu um estiramento na coxa direita e só se recuperou para ser aproveitado na vitória por 2 a 0 sobre o Uberaba. Também marcou. Diante do Goiás.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.