quarta-feira, 29 de Fevereiro de 2012 17:09h Atualizado em 1 de Março de 2012 às 11:08h.

Guarani não pensa em outro resultado senão a vitória

O Bugre se reapresentou após a goleada sofrida diante do Atlético e iniciou a semana já pensando no Nacional de Nova Serrana. A vitória é primordial para as pretensões de classificação entre os quatro primeiros. O time da cidade do Calçado está na zona de rebaixamento.
O Guarani ocupa atualmente a 9ª colocação com quatro pontos em quatro jogos. Já o Nacional é o 11º com três pontos em quatro jogos. A vitória é essencial aos dois times, mas em especial o búfalo, pois terá na próxima rodada do Atlético Mineiro.
O zagueiro do Guarani, Bruno Maia definiu muito bem como será o jogo do próximo sábado, na Arena do Calçado, ás 19h30min. “Muito importante esse jogo, tropeçamos em casa e foi um resultado que não queríamos, é um jogo de seis pontos e para vencer de qualquer jeito”, e comentou ser na partida entre as equipes pela Taça Minas Gerais onde ele conquistou de vez a vaga de titular na equipe. “Foi um empate sofrido, mas conseguimos a classificação, na casa deles, e procurar a vitória lá, empate não importa, não podemos perder mais pontos”, declarou.
O treino de ontem no Farião foi um posicionamento do time e houve mudanças. Michel Elói e Chico Marcelo treinaram no time titular. Magalhães fez a ala da esquerda, formando o setor defensivo com Bruno Maia, Marcio Santos e Luisinho. André, Léo Medeiros, Michel Elói e Walter Minhoca no meio campo. Marinho e Chico Marcelo no ataque.
A marcação, feita em duas linhas de quatro e a equipe ficou bastante ofensiva. Além de Marinho e Chico Marcelo, já atacantes, Michel Elói e Léo Medeiros sempre aparecendo como elementos surpresa. A marcação do time reserva tentava acompanha as jogadas rápidas,  e Walter Minhoca acabou ficando solto. Essa deve ser a carta na manga do treinador Gian Rodrigues para o clássico regional.
A Arena do Calçado, em Nova Serrana, enfim está liberada para ser aberta ao público em jogos do Campeonato Mineiro. Na sexta-feira, o promotor de justiça do Ministério Público de Minas Gerais, Edson Antenor Lima Paula, recebeu da Federação Mineira de Futebol (FMF) os quatro laudos técnicos exigidos pelo Estatuto do Torcedor e autorizou a realização de partidas no estádio até 15 de maio, desde que respeitada a capacidade máxima de 8.197 espectadores, incluindo pagantes, não pagantes, autoridades e convidados.
De acordo com o termo de audiências expedido pelo Ministério Publico, o laudo do CREA-MG tem validade até 15 de maio e novas alterações na capacidade do estádio deverão ser acompanhadas pela Federação Mineira de Futebol e pelo Corpo de Bombeiros.


José Ângelo faz estreia
O novo treinador do Nacional, José Ângelo, foi apresentado à imprensa na tarde desta terça-feira, no Líber Hotel, em Nova Serrana. Em sua chegada, José Ângelo falou da motivação em dirigir o Nacional na elite do futebol mineiro e sobre a expectativa de tirar o time da parte de baixo da tabela.“Estou muito satisfeito com o convite que recebi. Já trabalhei com vários integrantes da comissão técnica. Sei que a responsabilidade é enorme, mas sei também que é uma equipe que da uma condição de trabalho muito boa”, afirmou o treinador.
O novo treinador do Nacional disse que veja conhece boa parte do grupo de jogadores e que acompanhou os últimos jogos do Búfalo pela TV. Em sua primeira análise, disse que o Nacional possui um grupo qualificado e com condições de dar a volta por cima. “Vi um time de muita qualidade e junto com os membros da comissão iremos trabalhar muito para corrigirmos os erros”, disse.
A estreia de José Ângelo no comando do Nacional será contra o Guarani e o novo técnico sabe bem o que irá encontrar pela frente.  “Vamos enfrentar uma equipe experiente, onde tem jogadores que jogam juntos há muito tempo. Temos que estar bem preparados para fazermos um bom jogo e ir a campo com muita disposição para conseguirmos o resultado positivo”, concluiu.
Após a coletiva, o treinador seguiu para o estádio Astrogildo Duarte. Lá, “Preca” foi apresentado ao elenco e após uma conversar com os jogadores acompanhou um trabalho tático sob o comando de Gerson Evaristo e Alexandre Grasseli.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.