sexta-feira, 13 de Março de 2015 10:36h Atualizado em 13 de Março de 2015 às 10:39h. Luciano Eurides

Guarani perde em Patos de Minas, mas se beneficia por outros resultados da rodada

O Guarani poderia estar em situação muito ruim no Campeonato Mineiro 2015, após a derrota frente à URT, por 2x0, na cidade de Patos de Minas

O resultado foi minimizado pela derrota do Mamoré frente ao América Mineiro, e do Democrata de Valadares frente à Tombense.

O time de Divinópolis entrou em campo com duas inesperadas modificações. Cris iniciou o jogo no lugar de Marx Ferraz, individualmente, ele não comprometeu, mas o sistema defensivo, como um todo, entrou em um colapso. Vinícius Kiss jogou no lugar de Carlos Renato, não foi bem e o time ficou lento. Os gols da URT, marcados em um completo apagão do Bugre, Robinho aos 34 minutos e Júnior Paraíba aos 36. Robinho abriu o placar aos 34 minutos, após receber passe de Formigoni. Um minuto depois, Júnior Paraíba fez o segundo e selou o triunfo.

O veterano zagueiro Carciano, de 33 anos, comentou a entrada na equipe do técnico Eugênio Souza.  “Agradeço a Deus, em momento algum abaixei a cabeça. O grupo é muito forte. Tive hoje a minha chance, procurei fazer o meu melhor e ajudar a equipe”, afirma o defensor. No decorrer da partida, o Guarani sofreu, e muito, para não ser goleado na terra do milho. O time do Bugre sequer deu um chute no gol adversário.

As substituições feitas pelo treinador também não surtiram efeito. Ele tirou Rafael Jataí, amarelado e suspenso para o jogo contra o Tombense, e colocou Walterson, o time ficou mais ofensivo e ganhou velocidade. No lugar de Michel Cury entrou Djalma, uma troca sem efeito. Tardelli, muito tardiamente, entrou no lugar de Fábio Júnior, com pouco tempo em campo e o placar definido, o atleta não mudou a história do jogo.

Após a partida, o treinador do Guarani não jogou a toalha. “Time empenhado e buscando o resultado, a URT está de parabéns pelo jogo que fez e, principalmente, o primeiro tempo, onde fizeram dois gols, mas o segundo tempo foi mais igual. Temos que fazer a equipe pensar no outro jogo. Sabíamos da dificuldade do jogo, enfrentamos o jogo. Foi um time empenhado em campo, são jogadores comprometidos e vão buscar o resultado em todos eles. Não podemos mais errar, o resultado não está vindo, o adversário impõe o jogo. Espero que refaçamos e tenha todos liberados para montar um time forte para vencer em casa. Estou tranquilo e, tendo pressão, ou não, tenho certeza do que faço, quando se chega ao vestiário e se vê o grupo que fez toda essa luta, dá uma tranquilidade, em razão da seriedade do que foi feito. Quando se tem um grupo como o nosso, mostramos a história de cada um, eles entenderam que temos um potencial, todo apoio da diretoria e pagamento em dia”, falou Gian Rodrigues, e ainda convocou a torcida.

As imprensas divinopolitana e patense confirmaram que o Guarani não fez uma boa partida, ao contrário da visão do treinador do Guarani. “Eu esperava mais, só não fizemos uma partida ruim. Foi uma partida intensa, os jogadores que entraram foram em uma boa situação, fiquei satisfeito” afirmou Gian Rodrigues.

O time se reapresentou na tarde de ontem. Treinará na tarde de hoje e na manhã desse sábado. Os ingressos estão à venda para o jogo de domingo, 16h, contra a Tombense, pelo valor de R$20,00 - módulo e R$10,00 - arquibancada.

 

Resultados

Quarta, 11 de março de 2015
19:30 AMÉRICA  3 X 0  MAMORÉ Independência 
20:00 TOMBENSE  3 X 1  DEMOCRATA  TOMBOS 
20:00 URT  2 X 0  GUARANI PATOS DE MINAS 
20:30 TUPI  0 X 0  BOA JUIZ DE FORA 
22:00 VILLA NOVA  0 X 4  CRUZEIRO SETE LAGOAS 
Quinta, 12 de março de 2015
19:30 CALDENSE   X   ATLÉTICO POCOS DE CALDAS

 

 

Créditos: Luciano Eurides

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.