terça-feira, 3 de Março de 2015 10:53h Atualizado em 3 de Março de 2015 às 10:57h. Luciano Eurides

Guarani perde para o Atlético e permanece na lanterna do Campeonato Mineiro

O Guarani de Divinópolis jogou e perdeu por 2x0, frente o Atlético Mineiro, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Mineiro

Os gols foram marcados por Jemerson e Lucas Cândido. O time agora ocupa a 12ª colocação e tem pela frente o Democrata de Governador Valadares, 11º colocado. Somente a vitória interessa ao time de Divinópolis na luta em permanecer na elite do futebol mineiro.
Os gols, um aos 34 minutos do primeiro tempo. Dodô cobrou escanteio pela direita e Jemerson cabeceou no canto direito do goleiro para fazer, Galo 1 x 0. A pressão alvinegra era grande e surtiu efeito aos 22 minutos, segundo tempo, quando Dodô recebeu ótimo passe de Cesinha e ajeitou a bola para Lucas Cândido fazer o segundo gol atleticano, Galo 2 x 0. O Bugre jogou com George; Jailson, Marx, Tiago Papel e Iago; Jataí (João Carlos), Leandro Ferreira, Michel Cury e Carlos Renato (Tardelli) ; Marcinho e Fábio Júnior (Walterson).
Para o zagueiro Thiago Papel, o momento requer muito trabalho. “Temos que trabalhar e batalhar, fizemos um excelente primeiro tempo. A partir do momento em que estávamos jogando e o Atlético esperando no meio campo, o time deles foi inteligente e cansamos, conseguimos impor o ritmo do jogo e mostramos que temos como nos recuperar na sequencia do campeonato”, considerou.
O goleiro George esperava um pouco mais do time. “Sempre esperamos um pouco mais, jogamos bem no primeiro tempo, não tivemos aquela chance clara, mas jogamos bem. Se mantivermos esse ritmo, vamos conseguir as vitórias necessárias no decorrer do campeonato. Não foi da forma que queríamos e a partir de agora, voltamos a jogar em Divinópolis, não jogamos lá há um mês. Não foi o início que esperávamos, mas o que nos conforta é o nível de atuação, e por isso, estamos tranquilos, vamos pensar no sábado e sair da zona de rebaixamento”, disse.
O meia Michel Cury cobra muita dedicação de todos para tirar o Guarani dessa situação. “Essa situação tem incomodado, um jogo atípico contra o Villa Nova, futebol é assim, já passou e temos o apoio da torcida no Farião e vamos fazer de lá um caldeirão. Em termos de permanência, começamos no sábado, estudaremos e tenho certeza que será um adversário difícil, não podemos deixar escapar os pontos. Um peso, olhar na tabela e ver o Guarani em último, temos de enfrentar a situação, é o momento dos homens aparecer. Temos feito bons trabalhos e vamos procurar um algo a mais nessas seis partidas, aqueles que não conseguirem fazer, avisem, pois todos vão ter que dar algo a mais no sábado. Precisamos de quatro vitórias e dois empates”, comentou.
O treinador Gian Rodrigues alerta para as dificuldades pela frente. “Os atletas terão que entender que não haverá facilidade daqui para frente, vejo jogos difíceis, mas temos que repetir a intensidade dos jogos. Cobrarei muito para conseguirmos as vitórias. Fizemos um segundo tempo ruim contra a Caldense, temos uma consistência boa de jogos, não apenas para fazer os gols, mas para não sofrer também. A análise do Fábio Junior é uma semana, acompanhamos que existe um ideal e é dentro dele que escalamos”, analisou.
Para os jogadores do Atlético, no entanto, o triunfo sobre o time de Divinópolis também foi muito importante para elevar o moral da equipe para o clássico do próximo domingo, no Mineirão. “Erramos muito no primeiro tempo, mas, no segundo, a equipe marcou forte, não deu chance e criou sete ou oito oportunidades de gol. Esse é o espírito. Essa é a nossa força, marcando em cima e não deixando o adversário jogar. Com certeza, é bom voltar a vencer e essa vitória vai nos dar moral para irmos fortes para o clássico”, comentou Leandro Donizete.
O atacante Carlos também falou sobre o efeito positivo da vitória. “Foi um resultado importante e, agora, vamos ganhar confiança para o clássico. Não podemos deixar cair o ritmo. É sempre bom jogar um clássico, jogo difícil, são jogos em que os grandes jogadores se sobressaem. Gosto de jogar esse tipo de jogo”, afirmou Carlos.
Autor do primeiro gol, o zagueiro Jemerson destacou que o triunfo sobre o Guarani veio em boa hora. “Estávamos precisando dessa vitória, e, o mais importante foi que, no segundo tempo, a equipe jogou melhor que no primeiro e isso nos dá confiança para chegar bem no clássico”, observou.
Lucas Cândido, que marcou o segundo gol, agradeceu o apoio dos companheiros. “Tenho que agradecer ao grupo todo, principalmente ao Dodô, que me deu a assistência. O grupo me deu força, vem confiando em mim e, agora, é mostrar um bom trabalho durante a semana para, quem sabe, começar jogando no clássico”, disse.
Outros resultados
O sábado foi movimentado no Mineiro. A 5ª Rodada do torneio teve quatro jogos, e o Cruzeiro manteve a liderança ao vencer o Tupi, por 3x0, em Juiz de Fora. Com a vitória, o time comandado por Marcelo Oliveira soma 13 pontos e continua invicto no campeonato, seguido pelo Atlético-MG, com 12 pontos, e por Villa Nova e América, ambos com 11 pontos e campanhas idênticas. O Coelho ficou no empate sem gols com a Caldense na Arena Independência, já o Leão do Bonfim conquistou três pontos fora de casa, ao bater o Mamoré, em Patos de Minas, por 2x1. O Democrata conseguiu sua primeira vitória. O triunfo foi dramático diante da URT, por 1x0. O gol que deu a Pantera os primeiros pontos foi marcado por Paulinho aos 44 minutos da etapa final. Com o resultado positivo o time de Governador Valadares deixa a zona de rebaixamento.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.