sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2013 05:08h Luciano Eurides

Guarani pronto para a estreia

Certamente o Guarani terá algum problema com campo. O Bugre treina no Farião e fará jogos na Arena do Calçado

O Guarani a cada dia fica mais próximo do ideal para a estreia do Campeonato Mineiro, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) publicou o nome dos jogadores no Boletim Informativo Diário (BID) faltando (até o fechamento dessa edição) apenas o zagueiro Asprilla. Os treinos finais foram realizados no Clube dos Metalúrgicos e debaixo de muita chuva.
Certamente o Guarani terá algum problema com campo. O Bugre treina no Farião e fará jogos na Arena do Calçado. Segundo Leston Júnior existem ferramentas para diminuir o impacto. “Temos exemplo das reformas do Mineirão e Independência, como os times do Cruzeiro, Atlético e América sofreram com essa questão de jogar em Sete Lagoas, não vou nem entrar no mérito de torcida que acredito na presença de torcida, os de Divinópolis, Nova Serrana e região. Se perde algumas referencias, todos sabemos que jogar com o Villa Nova em Nova Lima é complicado, da mesma forma jogar contra o Guarani em Divinópolis não é nada fácil. Eu ouvi uma entrevista onde o treinador do Villa Alexandre Barroso dizia que o Villa teve uma felicidade muito grande em fazer seis jogos fora e destes três são contra adversários que não jogam em casa. Ele citou o Farião, o alambrado próximo e a torcida atrás do bandeira. Esse fator realmente acontecerá”, disse.
O treinador quer novos laços da esfera do campo com o time. “Não vamos ter a referencia do Farião e cabe a nós profissionais diminuirmos esse prejuízo. Pedimos a direção para realizar alguns treinamentos em Nova Serrana e com ações dentro do campo criar uma atmosfera positiva e fazer do estádio realmente nossa casa. O que foi acertado vamos de véspera para a cidade de Nova Serrana e ficaremos concentrados. Teremos alguns treinos no estádio e se pode criar essa atmosfera dentro de campo. O torcedor se comporta de acordo com o que ele vê dentro do campo, se vê uma equipe vibrante com essa mentalidade vencedora e tende a vir junto. O prejuízo técnico é só na questão de referencia. O Guarani sempre treinou no Farião e jogou no Farião. Faz-se treinos de finalização no gol onde ele vai jogar, o atleta cria uma referencia e o atleta já sabe até mesmo as publicidades. Isso se perde. A atmosfera vamos ter de fazer”, ressaltou.
Para a partida contra a Caldense o time deve mesmo iniciar o jogo com Leandro. Henrique, Asprilla, Adalberto e Rafael Estevan. André, Rafael Pulga, Éder e Jouberth. Carlos Júnior e Eric. Adalberto Hilário Ferreira Neto, 25 anos, zagueiro de 1,84m e 77Kg. Começou a carreira no América Mineiro em 2006, foi para a Bélgica, voltou ao Brasil em 2007 para o Ipatinga e retornou a Bélgica em 2008. Na temporada de 2010 esteve no Tupi, 2011 na Tombense e por último no Americano. George Vinícius de Oliveira Xavier, 21 anos, goleiro de 1,93m e 82km.  Natural de Contagem estava no Ypiranga da Bahia, esteve no futebol Baiano, Fabriciano e América Mineiro.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.