sexta-feira, 21 de Dezembro de 2012 08:58h Luciano Eurides

Guarani se prepara com segurança máxima

O Guarani entra no final do primeiro período de treinamento para o Campeonato Mineiro 2013. A segurança da equipe está na atenção em não tomar gols.

O time convocou cinco goleiros para trabalharem incansavelmente com o preparador Ronaldo Gontijo.
Atualmente o Bugre conta com os goleiros Leandro Henrique de 27 anos, Gustavo Rangel de 23 anos, George de 21 anos , Felipe Cury e André de 18 anos cada. Destes Felipe Cury é da base e esteve na Taça BH de futebol júnior, André veio de São Paulo, estava no grupo da Série D. George esteve no América e Leandro que estava no Barueri é a experiência e liderança do grupo.
Segundo o preparador de goleiros Ronaldo Gontijo o grupo está bem, é feito um trabalho para todos os goleiros chegarem em plenas condições de atuarem e sem desgastes. O número, para o trabalho planejado é o ideal. “O guarani está em boas mãos, o quarto ano de trabalho no clube o terceiro consecutivo na primeira divisão, formamos um grupo jovem, com condições de vestir a camisa do Guarani, sabemos que aqui há uma exigência muito grande, poias se passaram grandes goleiros e a expectativa é a melhor  possível visto que já tivemos 15 dias bastante intenso”, falou
Com relação ao número de atletas, cinco no total ele acha necessário. “eu não acredito ser excessivo porque dois vão sempre para jogos, outros são necessários para se fazer trabalhos em campo reduzido e finalizações. Há treinos específicos, e os que jogam e viajam precisam também descansar. Nos últimos anos trabalhei com três goleiros, sobrecarregavam muito, exige-se dos goleiros durante a semana também”, disse.
Do grupo Leandro é tido como o que vestirá a camisa titular. “Fiquei conhecendo ele por meio de contatos no mundo do futebol, é um goleiro de 27 anos isso é muito bom, demonstrou muita capacidade técnica, tem boa estatura e envergadura. É um goleiro ágil e tem bom posicionamento. Já demonstrou poder de liderança também”, ressaltou.

 

PRÉ TEMPORADA


Existe uma previsão para o Guarani passar 15 dias no interior de São Paulo. Segundo o gerente de futebol, Renato Montak, duas cidades têm interesse em receber o Bugre, mas, por enquanto, a diretoria pretende não divulgar o nome de nenhuma. “Precisamos de parceiros para nos ajudar nas despesas, já que é um período longo e não fica barato” disse. Renato também fez uma avaliação dessa primeira etapa de treinos e de contratações para o Mineiro. “Tudo está dentro do nosso planejamento, fizemos boas contratações e novos jogadores vão chegar. Falta só acertar o local da pré-temporada e esperar o estadual começar”,  comentou Renato.  

 

ASPRILLA


Chegou a vez do Guarani-MG reforçar a defesa. Christiano Luiz Rodrigues, mais conhecido como Asprilla, é o novo jogador da defesa do Bugre. Com 31 anos, o zagueiro estava no Santo André-SP, mas  tem passagens pelo Botafogo-RJ; América-RN; Paulista-SP; Náutico; Guarani-SP e Nova Iguaçu. Em 2004 e 2005, ele jogou pelo Ankaraspor da Turquia. Essa é a primeira que vai jogar no estado onde nasceu. “Estou muito feliz  por estar em Minas, que é onde eu nasci. Espero fazer um grande campeonato e ajudar o Guarani”, disse Asprilla.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.