quinta-feira, 10 de Fevereiro de 2011 00:00h

Guarani se reapresenta com alegria e pés no chão

LUCIANO EURIDES
luciano.eurides@gazetaoeste.com.br


O Guarani depois de uma partida desgastante, mas muito proveitosa em Governador Valadares, onde venceu os donos da casa por 2x0, se reapresentou na tarde de ontem. Eles fizeram a viagem de volta na terça-feira, e ontem tiveram a manhã de folga. No rosto de cada atleta a expressão de felicidade pela liderança do Campeonato Mineiro.
O time sofreu com o calor intenso. Uma partida, mesmo noturna, muito desgastante. No hotel, após o jogo a alegria e cumprimentos da comissão técnica e jogadores era possível ver o cansaço e alegria se misturando. Já de volta a Divinópolis, o sol forte, mesmo assim todos prontos para uma nova batalha, o Uberaba, no domingo.
Não houve baixas na equipe. Nenhum atleta expulso ou mesmo com uma contusão mais grave. Chico Marcelo faz tratamento de fisioterapia, mas não é dúvida. O zagueiro Ferreira, nem mesmo fez a estreia e já foi para o Asa de Arapiraca, recebeu boa proposta, entendeu o bom momento vivido pela defesa titular e preferiu seguir o próprio caminho.
O meio campista Jairo, um dos destaques do time comentou o bom momento da equipe e a situação confortável que a equipe pode ficar se vencer o Uberaba. “Conseguimos nosso objetivo,que era somar pontos fora de casa, agora é descansar, porque foi só um bom resultado, não conseguimos nada, e domingo com muito trabalho e dedicação somarmos pontos dentro de casa. Temos de ter tranquilidade, acho que todos nós estamos assimilando tudo que o treinador tem pedido, a dedicação, a marcação começa dos atacantes, dos meias e de nós volantes. Acho que a dedicação está sendo de fundamental importância para que nós estejamos tendo esse sucesso. Acho que o Guarani está focado, com um só pensamento em um só objetivo que é de classificarmos entre os quatro”, falou.
O jogador ainda comentou a alegria de ser o líder do campeonato mineiro. “Sem dúvida duas vitórias em um campeonato difícil, onde tem times grandes, o grupo está feliz e com os pés no chão, o campeonato está só começando. Estamos na liderança e tranquilos, é somente o início, tem muita coisa pela frente”, alertou.
Na tarde de ontem os jogadores que atuaram na partida em Governador Valadares fizeram uma atividade muscular. Houve treino coletivo para aqueles que não atuaram.

UBERABA
Passada a tragédia do último domingo (06), quando o Uberaba Sport Clube foi goleado pelo modesto América, de Teófilo Otoni, por 5 a 3, as atenções já se voltam para o compromisso de domingo (13), contra o líder do Campeonato Mineiro, o Guarani, em Divinópolis.
Os jogadores demonstravam muito abatimento na retomada dos trabalhos na manhã de ontem, mas o pensamento é um só: buscar a reabilitação. “Nada melhor ela vir no jogo contra o líder do Estadual. Sentimos muito a derrota e precisamos ter tranquilidade para retomar as forças e chegar ao nosso objetivo que estar entre os quatro primeiros colocados”, lembra o meia Juninho Cearense.
Para o confronto contra o Guarani o técnico Marcos Birigui deverá promover algumas alterações na equipe. Sem Maurinho, que terá de cumprir suspensão pela expulsão contra o América-TO, o treinador aguarda a regularização da documentação do lateral-direito Eder, o reserva imediato. Caso o ex-jogador do Nacional não tenha condições de atuar, Gabriel voltará a ser improvisado por aquele setor.
Adepto do esquema com três zagueiros, Marcos Birigui poderá armar o time com Rodrigão, Alemão, Max ou Rodrigo. Na lateral-esquerda as opções são por Helton, específico da posição ou Fabiano Souza, que também pode atuar por aquele setor.
No ataque não está descartada a entrada de Cadu em lugar de Juninho Cearense, para atuar ao lado de Marcinho. Outras opções também podem surgir ao longo dos treinamentos da semana. Hoje, Birigui comanda no período da tarde o primeiro treino coletivo que poderá ser no Adroaldo Spiridião ou no Uberabão. A definição da equipe só mesmo no coletivo de sexta-feira, marcado para o Uberabão.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.