sexta-feira, 16 de Março de 2012 09:01h Atualizado em 16 de Março de 2012 às 10:05h. Luciano Eurides

Guarani tem jogo contra o Uberaba como decisivo

O Guarani tem um desafio: chegar aos 18 pontos. Com sete pontos na competição e restando ainda cinco jogos (15 pontos), dois jogos em casa e três fora. A maneira de atingir esse objetivo é buscar pontos em jogos como visitante, iniciando a caminhada nesse domingo, contra o Uberaba no triângulo mineiro.
Na tarde de ontem o treinador Gian Rodrigues iniciou uma conversa com todos os atletas, depois fez um aperfeiçoamento nos cruzamentos, bola alta defesa contra ataque e ainda chutes de fora da área. Esboçou a equipe titular com Carlinhos na lateral direita, pois Luisinho está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A volta de Márcio Santos a zaga titular. Magalhães na lateral esquerda e a duvida se Chico Marcelo será titular ao lado de Marinho, ou não.
Não é fácil enfrentar uma equipe desesperada. O Uberaba entra na sétima rodada com cinco pontos. Resta cinco jogos sendo os três últimos contra as equipes da capital. A chance de pontuação e a fuga do rebaixamento são nos jogos em casa, contra as equipes do interior. Recém-chegado a equipe o técnico Paulo Cezar Catanoce analisou o elenco que tem nas mãos, e recebeu um novo reforço. O atacante Araújo, de 28 anos, é a nova esperança de gols. Com o aval do novo treinador, Araújo chega para substituir Clodoaldo e deve ser uma das novidades da equipe. O jogador rescindiu o contrato com seu antigo clube, Rio Claro/SP. Além do novo atacante, o lateral-esquerdo Índio também foi uma das novidades da equipe titular. O zagueiro Roberto Dias, que ficou no banco na última partida, voltou a formar a dupla de zaga com Alberto. Com isso, o Colorado formou com Fernando; Éder, Roberto, Alberto, Índio; Bruno Moreno, Gabriel, Thiago, Davis; Marlon e Araújo. Apesar de repetir o mesmo esquema das cinco primeiras partidas no Estadual, 4-4-2, Paulo Cezar ainda terá três dias de treinamentos para decidir quais jogadores entram em campo no decisivo duelo contra o Guarani, no próximo domingo.
Essa missão vencer fora de casa e diante das circunstâncias estabelecidas já é analisada pelos atletas. Marcio Santos pede um time mais calmo do que aquele que enfrentou o Nacional em Nova Serrana. “Acho que nossa conversa é essa, depois de uma vitória importante contra o Democrata vimos a oportunidade de entrar no G4. Sabemos que a vitória nos levou de volta a sonhar e o jogo é importante, se perde volta a brigar na parte de baixo. Todos estão no pensamento da vitória. Conversamos muito, temos uma equipe madura e entramos ansiosa contra o Nacional, não foi determinante para a derrota, mas temos de jogar como começamos a competição. Trazer as coisas boas e o lado bom da equipe”, considerou.
O meia atacante Walter Minhoca encara a partida como decisiva. “Temos esse jogo contra o Uberaba e também contra o Tupi, uma briga para estar em cima ou embaixo na classificação. Normalmente quando se troca um treinador de qualquer equipe a motivação dos atletas ficam lá em cima, em especial aqueles que não vinham jogando, temos a consciência disso e temos algumas característica do novo treinador. Estamos com o objetivo de chegar entre os quatro e para isso estamos preparados para qualquer situação. Eu falo que tenho uma deficiência de chutar pouco de fora da área e espero no jogo acertamos, não apenas eu, mas o Michel (Elói) que acertou um belo chute contra o Democrata e o próprio Léo Medeiros que chuta muito bem”, ressaltou.
Minhoca comentou  possibilidade de Chico Marcelo jogar ao lado de Marinho sendo assim mais uma opção para Minhoca distribuir a bola. “Treinamos uma formação parecida e para mim foi um treino muito bom, eu estou acostumado a jogar desse jeito ao longo da minha carreira e o Gian (Rodrigues) com certeza ele vai colocar a equipe certa contra o Uberaba. Sempre fazemos reuniões, em especial nas concentrações. No jogo contra o Atlético, no primeiro tempo eu peguei na bola quatro vezes. A bola tem e chegar no Marinho, pois conhecemos a capacidade dele, se chegar ele coloca para dentro. Tenho conversado com o Léo Medeiros sobre essa nossa obrigação”, disse.
Hoje haverá um treino no período da tarde onde deverá ser definido o time a jogar contra o Uberaba. A Federação Mineira de Futebol definiu que Ronei Cândido Alves apita o jogo auxiliado por Marcelo Francisco dos Reis e Mauro Antônio Ferreira Santos.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.