quinta-feira, 18 de Fevereiro de 2016 09:38h Luciano Eurides

Guarani treina e Júnior Barros é confirmado no comando de ataque

O Guarani realizou na manhã desta quarta-feira o treinamento para a partida contra o Tupi, sábado, em Juiz de Fora

A equipe é quase a mesma que enfrentou o Atlético, apenas uma mudança, Júnior Barros no comando de ataque, no lugar de Marcos Vinícius. À tarde, foi feito um trabalho de musculação, planejada uma atividade de jogadas com bola parada na quinta-feira e na sexta a concentração e viagem para a Zona da Mata.

 

 

O time não mudou muito com a entrada de Júnior Barros, mas o treinador Ricardo Leão fez questão de modificar toda a equipe, usou o time chamado reserva e fez questão de dar a eles um ritmo de jogo, pois sabe que poderá contar com eles a qualquer momento. “Muito satisfeito, sobretudo pelo rendimento das duas equipes, daqueles jogadores que não vinham jogando, esses jogadores tiveram um rendimento satisfatório e nos alegra para termos ainda mais força no nosso grupo”, com relação a Júnior Barros, não modifica a forma de jogar. “Os dois jogadores têm características parecidas e jogam no mesmo setor, e o Júnior tem virtudes e vai trazê-las para nosso grupo. Na verdade, estamos vindo de três jogos, contra duas equipes grandes, sem coletivo há três semanas, assim, o time titular vinha se firmando e outros não entraram, eles têm que estar em um ritmo semelhante àqueles que vêm jogando, o treino serviu muito para isso, eles têm que adquirir o entrosamento para quando solicitados”, garantiu.

 

 

O treinador tem um vasto conhecimento do Tupi. “Assistimos os três jogos, eu assisti contra o América-MG, temos o vídeo contra o Uberlândia e ainda o jogo com o novo treinador. Ainda pode mudar muito, haverá um coletivo e ele vai ter trabalho na semana, não apenas eu, o Lula, Genalvo, Carlos Renato, conhecemos os jogadores e o estádio. Em Três Corações é um caldeirãozinho, já o Mario Heleno, é um estádio mais frio e ainda mais na situação em que o time está, não estará lotado, não fica tão caloroso, temos que preocupar em fazer nossa parte, ser o Guarani que se apresentou contra o América e contra o Atlético e deixar as coisas acontecerem naturalmente dentro de campo”, considerou.

 

 

Com relação a cartões amarelos, o zagueiro Murilo foi advertido duas vezes e também o lateral Felipe Cordeiro. Eles, se, novamente, receberem o cartão amarelo, desfalcam o time contra o Uberlândia. Os demais amarelados são Lula, Renan e Carlos Renato.

 

 


TUPI
Segundo Rafael Jataí, a pressão que existe hoje no clube de Santa Terezinha é menor do que a que ele viveu no Guarani. Porém, ele admite que o nível de cobrança dentro do grupo de jogadores pela primeira vitória é alto. No sábado, ele vai ter a oportunidade de rever amigos e colegas de trabalho, como o técnico Ricardo Leão, o zagueiro Lula e o meia Carlos Renato. Porém, o jogador que tem mais identificação com o Tupi-MG é o volante Genalvo. Atleta alvinegro entre 2013 e 2015, ele não entrou em acordo e não permaneceu em Juiz de Fora. Jataí afirma que a amizade dura até a bola rolar.

 

 

Léo Mota no líder do Baianão

Surpreendendo neste início de Campeonato Baiano, o líder da competição, Galícia, anunciou a contratação de mais um reforço para o estadual. O time Granadeiro acertou a chegada do volante Léo Mota, que foi revelado pelo América-MG e estava no Guarani de Divinópolis. O atleta chegou a disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo América-MG e, de acordo com informações do site oficial do Galícia, tem como principais qualidades o passe e a visão de jogo, podendo atuar como volante ou meia.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.