terça-feira, 2 de Abril de 2013 04:56h Atualizado em 2 de Abril de 2013 às 04:58h. Luciano Eurides

Guarani vence e fica a uma vitória da tranquilidade

Com um gol de Jouberth o time de Divinópolis venceu por 1x0 e ocupa a oitava colocação.

O Guarani de Divinópolis recebeu em Nova Serrana o time do Nacional, que hoje faz os mandos de campo em Patos de Minas. Com um gol de Jouberth o time de Divinópolis venceu por 1x0 e ocupa a oitava colocação. Com o resultado o time fica a uma vitória de escapar de vez da possibilidade de rebaixamento.
O jogo foi bastante disputado onde a primeira oportunidade foi do Nacional, Caleb aos 17 minutos de jogo foi derrubado na área, a arbitragem não entendeu como pênalti. A resposta veio com o cruzamento de André, ele fez uma boa jogada pela direita e cruzou para Lucas Néwiton que girou e chutou no canto, a esquerda de Rodrigo Posso. O Guarani terminou o primeiro tempo pressionando. Eric lançou Rafael Estevam que cruzou para Rafael Pulga, ele cabeceou nas mãos do goleiro adversário. Ainda Eric girou dentro da área e chutou forte, a bola tocou no poste direito de Rodrigo Posso. A bola voltou para Néwiton que chutou forte, mas por cima do gol.
No segundo tempo o Guarani já havia feito uma substituição por contusão, pois Éder sentiu a parte posterior da coxa direita e Rafael Pulga entrou no lugar dele. Logo aos dez minutos do primeiro tempo teve de trocar Asprilla por Tiago Papel. Ainda o Nacional perdeu Luisinho e entrou no lugar dele o velocista Maranhão.  E as substituições deram um efeito melhor para a equipe de Patos de Minas.
O Guarani aos poucos chegou, mas foi com a mudança da maneira de jogar, com a entrada de Carlos Júnior no lugar de Lucas Néwiton que o time passou a pressionar o adversário. Estevam cruzou e Claudão tentou tirar, a bola tocou no travessão e voltou para o meio da área onde Rodrigo Posso mostrou toda a experiência e fez grande defesa. Aos 22, Jouberth aproveitou o rebote, depois de uma cobrança de falta na área do Nacional, o camisa 10 do Bugre chutou, a bola desviou e foi no ângulo do goleiro do Nacional que dessa vez nada pode ser feito.  O Nacional continuou pressionando e George teve de fazer duas defesas importantes.
O treinador do Guarani chamou a atenção para a equipe que é jovem e que ainda não atingiu a primeira meta que é fugir do rebaixamento. “Foi o jogo que mais criamos desde o início do campeonato, mais finalizamos, o Nacional precisava vencer. Querer ganhar de qualquer jeito é o início da derrota. A partir de hoje pensamos na Tombense. É difícil montar time do zero, a margem de erro para se contratar jogador é grande, precisa-se de uma sequência, entramos com um goleiro de 21 anos que correspondeu”, disse.
O grande nome do jogo, Jouberth, papai de Miguel que vem essa semana e já ganhou um gol, falou do gol marcado. “Hoje fomos bem, estou ansioso, o gol foi para ele e acredito ter sido importante a decisão de chutar forte pois o goleiro deles é muito bom”, comentou.
O Guarani recebe no próximo sábado (06), 17h a equipe da Tombense em nova partida importante para as pretensões do Bugre.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.