terça-feira, 19 de Março de 2013 05:24h Luciano Eurides

Guarani vence e salta para a 9ª colocação

O Guarani de Divinópolis recebeu em Nova Serrana a equipe do América de Teófilo Otoni e venceu por 4x1.

O Guarani de Divinópolis recebeu em Nova Serrana a equipe do América de Teófilo Otoni e venceu por 4x1. O time variou bastante durante a partida, mas teve um desfecho feliz para o time da cidade. Élder (contra), Adalberto, e Eric duas vezes marcaram os gols do Bravo Bugre. Anderson Grafite diminuiu para o América-TO.
O Guarani fez um gol muito rápido, na verdade um gol contra de Élder, depois do gol, o time recuou e o América acabou chegando ao gol de empate. O Bugre acabou recuando e deixou o Dragão igualar o jogo. O primeiro tempo seguiu igual, tanto que aos 27 minutos o time visitante empatou o jogo com Anderson Grafite. A partida seguiu com as duas equipes tendo oportunidades e o desequilíbrio veio com a contusão de Leandrinho, ele é essencial ao time do América, e também na expulsão de Élder.
Com um jogador a mais as substituições feitas por Leston Júnior surtiram um efeito ainda melhor. Éder que entrou aos nove minutos do segundo tempo, no lugar de Lucas Néwiton foi quem desviou a bola depois da cobrança de escanteio e Adalberto empurrou para o fundo das redes. Jajá que entrou no lugar de Nando, aos 15 do segundo tempo, sofreu o pênalti que Eric cobrou e marcou o terceiro do Bugre. Já nos acréscimos Eric fez o quarto gol e decretou a primeira vitória do time de Divinópolis.
Eric, autor de dois gols analisou o resultado da partida. “Conversamos e chegamos a conclusão que não poderíamos aceitar o empate, pois precisávamos muito dessa vitória, depois do segundo gol, eles abriram e saiu o segundo e terceiro gol. Estávamos de olho na tabela, e agora temos tranquilidade para refazer boas partidas e buscar os pontos”, garantiu.
O treinador Leston Junior avaliou a partida como uma tradução de gol nas oportunidades criadas. “Tínhamos uma meta de fazer o gol até os dez minutos de jogo, isso estava faltando, pena que depois cochilamos, tomamos o gol e no intervalo vimos que todos estavam querendo. Vencer da forma que foi mostrada, o quanto estes meninos estão trabalhando e conseguimos atingir os objetivos. Quero chamar a atenção pela expectativa de sequência, será difícil e vamos superar cada obstáculos”, falou.

 

Cruzeiro


O Cruzeiro segue imbatível no Campeonato Mineiro. Neste domingo passado (17), a equipe celeste foi ao estádio Dilzon Melo, em Varginha-MG e venceu o Boa Esporte pelo placar de 4 a 1, em partida válida pela 6ª rodada do Campeonato Mineiro.
Após um primeiro tempo equilibrado, o Maior de Minas deslanchou na etapa complementar e com um futebol empolgante, o time azul acabou por golear a equipe adversária. Com o resultado, a Raposa se mantêm tranquila na liderança do Estadual e aumenta sua invencibilidade no torneio para seis partidas.
Na próxima rodada do torneio, o Cruzeiro medirá forças com a Caldense, pela 7ª rodada do Mineiro, em jogo que acontecerá no próximo domingo (24), às 16h, no Mineirão.

 

Atlético


Invicto como mandante há mais de um ano e meio (41 jogos), o Galo voltou a campo neste domingo (17) e goleou o América por 5 a 2, em noite que brilhou a estrela do capitão Réver, autor de três gols. Leandro Donizete e Diego Tardelli completaram a goleada alvinegra, com Fábio Júnior e Laércio descontando para o Coelho.
Com a vitória no clássico, o Alvinegro chegou a 12 pontos e ficou na segunda posição no Estadual, com um jogo a menos que as demais equipes, a ser realizado na próxima quarta-feira (20), em Teófilo Otoni. Os quatro primeiros colocados avançam para as semifinais da competição.

 

América


Em jogo válido pela 6ª rodada do Campeonato Mineiro, o América tropeçou no clássico com o Atlético, neste domingo (17/03), na Arena Independência, e acabou derrotado por 5 a 2. Depois de um ótimo primeiro tempo, quando dominou o adversário,  fez  1 a 0 com Fábio Júnior e criou outras boas chances para ampliar, o América cometeu falhas defensivas no segundo e acabou amargando a virada. O jogo marcou a estréia do técnico Paulo Comelli, que mudou a formação da equipe. Sem o meia Rodriguinho, ainda se recuperando da contusão no tornozelo, a equipe americana começou com Juninho no meio e Geovanni formando dupla de ataque com Fábio.
 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.