terça-feira, 23 de Dezembro de 2014 05:51h Atualizado em 23 de Dezembro de 2014 às 05:52h. Luciano Eurides

Guarani vence primeira parte do treino contra o América

O Guarani de Divinópolis recebeu na manhã dessa segunda-feira a equipe do América Mineiro em jogo treino preparativo para o Campeonato Mineiro 2015

O time divinopolitano treina desde o dia 2 de dezembro e este é o primeiro trabalho com adversário. O América colocou em campo o time que se prepara para a Copa São Paulo de Futebol Júnior.
A torcida compareceu com um bom público. A entrada foi uma caixa de leite longa vida. Entre os ilustres presentes esteve o treinador de futebol Leston Júnior, os atletas Fabrício, Michel Elói e Guilherme Xavier. A equipe divinopolitana foi escalada com George, Jaílson, Cris, Igor Soares e Iago. Rafael Jataí e Leandro Ferreira. Marcinho, Djalma e Michel Cury. Tardelli é a esperança de gols da equipe bugrina. Gian Rodrigues foi o treinador. O América começou o treino com Glauco, Danilo, Keven, Roger e Michel. Adan, Cristian, Zé Renato e Iran. Léo Mota e Guilherme. Treinador Milagres.
O Guarani entrou em campo, jogou e venceu a primeira metade do jogo treino contra o América Mineiro. O gol foi marcado por Djalminha. No segundo tempo a linha de defesa foi mantida. Ficou como volante, Leandro Ferreira, e meia, Michel Cury. Saiu Rafael Jataí e entrou Kiss, saiu Marcinho e entrou Walterson, saiu Djalma e entrou Felipe, saiu Tardelli e entrou Fred, saiu Leandro Ferreira e entrou Luís Gustavo, saiu Cury e entrou Otávio e ainda Igor entrou na zaga e Raul no lugar de Iago.
Os gols foram marcados na segunda etapa por Fred e Walterson. Já no final da partida, em um pênalti, o América diminuiu. Nessa altura da partida João Victor já estava no gol bugrino.
Segundo o treinador Gian Rodrigues, a movimentação foi interessante. “Cobramos a movimentação deles naquilo que treinamos até agora e fazer com consistência e está cedo para definir, ainda temos mais de um mês para a competição, tem coisas que mudam, é uma equipe que se comporta bem, pode ser que sim”, declarou.
Já o técnico Milagres cobrou muito dos jovens atletas. “Eu pontuo a situação em que trabalho e dentro do jogo há equívocos e futebol é gostoso, a equipe do Guarani fez um ótimo trabalho. Eu estive próximo de estar com no Guarani, tinha até lista de atletas para ajudar o Guarani, a diretoria do América não me liberou. Estou torcendo pelo Gian e a equipe deles para o Campeonato. Uma equipe boa e em fase ascendente, o treino foi feito visando o momento que o Guarani se encontra”, falou.
O zagueiro Tiago Papel não treinou por uma lesão inesperada, uma contratura no quadrado lombar. “Uma lesão difícil e que precisa se tratar bem, já consegui voltar a treinar, mais quatro dias e na reapresentação estarei integrado, mas ficarei trabalhando”, garantiu.
O atacante Otávio estreou com a camisa do Guarani. “Muito bom, com a torcida, em casa e mesmo sendo um jogo treino foi emocionante jogar pelo profissional. Estou muito ansioso pela estreia no Campeonato Mineiro. Se Deus quiser vai dar tudo certo, o ritmo aqui é intenso, mais forte que já estava acostumado, eu aguento sim e tudo aqui é muito acolhedor”, falou o neto do Rei Pelé.
O divinopolitano Fred marcou o segundo gol no jogo treino e ainda pode ser uma pulga atrás da orelha do treinador. “Tive a oportunidade e soube concluir a gol. Apesar do pouco tempo, o entrosamento foi legal. Aproveitar esse pouco tempo de folga que temos, me cuidar e voltar logo em seguida depois do Natal e teremos um período em janeiro para concluir a pré-temporada. Até agora eu tenho facilidade em jogar pelo meio ou mesmo no ataque e quero ser o jogador que o treinador tem em mente para colocar na posição que ele precise e pelo pouco tempo que tem o time, mas pela apresentação eu coloco sim uma pulga atrás da orelha dele”, avaliou.
O Guarani se reapresenta na tarde do dia 26. Para o réveillon serão apenas dois dias de folga.

 

guarani, vence, primeira, treino, contra, america

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.