terça-feira, 6 de Setembro de 2011 14:47h Atualizado em 7 de Setembro de 2011 às 11:13h. Luciano Eurides

Guaravasco tem a chance de se firmar frente o Gol Brasil

O time do Vasco da Gama, representante do Guarani no Campeonato Mineiro da categoria infantil, entra em campo hoje, 13h30min, na Uni-BH contra o Gol Brasil. Este é o primeiro dos confrontos contra o time belo-horizontino que assumiu a segunda colocação. O Guaravasco, perdeu para o Cruzeiro, 3x0, no Farião, na tarde do último sábado.


O Guaravasco jogou bem, a dificuldade maior foi a qualidade do adversário. O time da Toca da Raposa I deu ritmo ao jogo e aos 18 minutos, Luis Felipe chutou rasteiro, no canto, para fazer o gol azul e branco. O time da casa reagiu, Gabriel Novaes ganhou a bola, driblou o zagueiro, tocou para dentro da área, a bola foi cortada com o braço, mas a arbitragem não assinalou a penalidade. Gabriel goleiro e Gabriel atacante se tornavam as figuras mais acionadas do time divinopolitano.


No segundo tempo Wendel recebeu livre pela direita e esperou a saída de Gabriel para definir o canto e comemorar o segundo gol do Cruzeiro. Aos 21, Tiago ganhou a bola pela esquerda e tocou no canto, para fazer o terceiro.


O zagueiro Vinícius Moura falou que o resultado não foi surpreendente diante da qualidade do Cruzeiro e ressaltou a necessidade de não baixar a cabeça e buscar pontos contra o Gol Brasil. “Acho que faltou gol, nosso time não chutou, temos de trabalhar, ganhar as duas partidas frente o Gol Brasil e assumirmos de vez segunda colocação e levarmos o Guarani para a próxima fase do campeonato”, disse.


O treinador Átila Júlio do Amaral falou da qualidade do adversário. “É indiscutível a qualidade deles, tentamos fazer o possível, não teve como. Vamos buscar a segunda colocação diante do Gol Brasil”, garantiu.


O atleta Gabriel Louzada, grande destaque do time do Cruzeiro, destacou o trabalho realizado na Toca I e a estrutura oferecida a eles, a soma de tudo isso é o bom futebol apresentado dentro de campo. “Viemos com o intuito da vitória e sabíamos ser a equipe deles forte. O treinador e da comissão técnica fazem um grande trabalho e com nossa competência vamos longe. Recebemos todo apoio, moramos na Toca I, eu sou de Timóteo-MG fico alojado, tenho escola, alimentação e tudo necessário”, destacou.


O treinador cruzeirense Marcelo Vilhena viu qualidade no time de Divinópolis e elogiou Gabriel Novaes. “Nosso time é muito consistente e maduro. Um ano e meio de trabalho, temos pose de bola e jogo curto. Sempre que conseguimos encaixar o jogo fica difícil para o adversário, isso devido a qualidade dos meninos. Acreditei em uma partida mais difícil mesmo porque observamos o Guarani e na minha opinião é o melhor time da chave, talvez hoje sentiu um pouco. Gostei muito de alguns jogadores e o camisa 9 (Gabriel Novaes), ele é muito forte, tem qualidade e consegue prender a bola de forma que necessitava dois ou três jogadores e não conseguia tirar a bola dele, é um menino que chamou a atenção”, falou e acrescentou João Pedro a lista de destaques do Bugre. “Ele é bom jogador, destacou bem. No segundo tempo o time do Guarani sentiu a parte física, nós treinamos oito vezes por semana”, contou.


O Guarani tem treinado parte do grupo, fisicamente em meio período, no Campo do Vasco da Gama. A parte tática, com o grupo completo, uma vez na semana, também no estádio Dr Sebastião Gomes Guimarães.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.