quarta-feira, 29 de Janeiro de 2014 04:13h

Guilherme é o substituto de Ronaldo Gaúcho

O técnico Paulo Autuori vai, aos poucos, acabando com a única dúvida no time titular para a estreia do Atlético no Campeonato Mineiro.

Para a partida contra o Minas Futebol, nesta quarta-feira, às 19h30, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, o treinador deve optar por Michel na lateral-esquerda. O jogador treinou na equipe principal novamente nesta segunda-feira.
Assim, a equipe treinou com: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Réver e Michel; Pierre, Josué, Guilherme e Diego Tardelli; Fernandinho e Jô.
Concorrente de Michel, o meia Dátolo também foi observado na posição durante outra atividade. O argentino foi elogiado pelo treinador após o jogo-treino de domingo contra o Democrata, de Sete Lagoas, por ser canhoto e ter mais velocidade.
A falta de jogadores especialistas na lateral-esquerda é o maior problema do Atlético neste início de temporada. Após não renovar com Júnior César, o volante Lucas Cândido, que também era improvisado na posição, se contundiu. Já Pedro Botelho, recém-contratado, chegou com estiramento na coxa esquerda e precisará de três semanas para estar à disposição de Autuori.
Confirmado pelo técnico Paulo Autuori como o substituto de Ronaldinho Gaúcho na estreia do Atlético rumo ao tricampeonato mineiro, o atacante Guilherme comemora a oportunidade logo no primeiro jogo da temporada.“Nem imaginei que pudesse ter essa oportunidade logo de cara e vou tentar aproveitar da melhor maneira, como foi no jogo-treino. O entrosamento com companheiros já é grande, então, não tem o que inventar, é entrar e fazer o melhor”, afirmou o atacante.“Eu entro como substituto do Ronaldo porque ele não vai jogar, mas não sou concorrente direto do Ronaldo. Sou concorrente de todos os jogadores ofensivos porque faço o meio-campo e o ataque. Mas tenho características mais próximas do Ronaldo em sua ausência”, acrescentou Guilherme, que espera aproveitar a chance.“Me preparei para ter oportunidade. Claro que oportunidade a gente não sabe quando aparece, mas me vejo completamente preparado. Tenho o aval dos companheiros, uma situação que me favorece. O ano se inicia diferente dos outros e nesta quarta-feira, tenho que fazer valer”, destacou.
Guilherme concluiu afirmando que o ânimo do grupo está forte. “Continua o mesmo, ou até maior. Sabemos que a cobrança será alta pela conquista do título da Libertadores do ano passado. Temos elenco para chegar as finais, respeitando os outros clubes, e temos o desejo de manter esse nível porque podemos”.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.