quinta-feira, 9 de Outubro de 2014 10:49h

Guilherme volta ao time do Galo

O meia-atacante, Guilherme, volta ao time do Atlético diante do Fluminense, nesta quinta-feira, com a missão de suprir a falta de Diego Tardelli, que está com a Seleção Brasileira.

Apesar de ter características diferente, Guilherme tem função parecida com a do companheiro: armar e aparecer para marcar os gols.
Guilherme reconhece a ótima fase de Tardelli e avalia que 'jogar sem ele faz muita diferença'. No entanto, ressalta que o time não pode ser dependente de um jogador. Além disso, o meia-atacante divide a responsabilidade de suprir a ausência de Tardelli com os demais companheiros. “Nossa obrigação é fazer com que o time não sinta essa ausência, ou minha, ou outro jogador. Faz falta, faz diferença, mas não podemos depender disso”, destaca ele, que cumpriu suspensão automática na derrota por 3 a 1 para o Criciúma, sábado passado.
Sobre o confronto direto com o Fluminense pelo G-4, o jogador ressalta a importância de conseguir a vaga na Libertadores 2015, uma vez que o título ficou distante.  “É o objetivo. É uma programação que todo mundo quer ter. O objetivo passa por esses jogos. Vai estar todo mundo brigando pelo título, mas essa briga de Libertadores é muito importante para a gente e temos condições de conseguir”, ressaltou.
Apesar de falar sobre a Libertadores de 2015, Guilherme pode não continuar no clube no ano que vem. Com contrato até março, ele ainda não acertou a renovação e evita falar com a imprensa sobre o assunto. “Contrato é com o presidente, não falo mais sobre isso”, avisou. O impasse para o acerto estaria no tempo de contrato, já que o jogador deseja um vínculo mais longo.
Apresentado pelo Atlético na tarde desta terça-feira, na Cidade do Galo, o atacante Cesinha afirmou que está bastante motivado pela oportunidade de defender o Galo. O jogador estava atuando no Bragantino.“Em 2012, fomos fazer uma pré-temporada em Atibaia. Nosso técnico era o Vanderlei Luxemburgo, jogamos contra a União Barbarense, perdemos por 2 a 1 e o Cesinha fez dois gols naquele jogo-treino. A gente vinha observando o jogador. No encerramento da janela, com o elenco pequeno, achamos que era uma hora boa para que ele viesse nos ajudar nesse momento difícil de contusões. Ele vem por empréstimo até maio de 2015 e com passe estipulado”, disse o diretor de futebol, Eduardo Maluf.
Cesinha não escondeu a euforia pela chegada ao Atlético. “Não tenho palavras para descrever a minha felicidade. Estou em uma grande equipe e a felicidade transborda. Agora espero chegar aqui, conquistar o meu espaço, respeitando os companheiros e fazer o que eu vinha fazendo”, declarou o atacante, que revelou ter recebido outras propostas e optado pelo convite atleticano. “Teve sim, mas a vontade de jogar no Atlético falou mais alto. Tenho amigos que jogam comigo no Bragantino e a gente falava como era maravilhosa essa torcida. Então, há muito tempo que eu tinha vontade de jogar aqui e, hoje, estou muito feliz por estar realizando um sonho e vestindo essa camisa”, afirmou.
O novo reforço do ataque atleticano garante estar pronto para estrear. “É chegar e buscar meu espaço, respeitando os companheiros. Quando tiver a minha oportunidade, quero aproveitar da melhor maneira. Já estou em condição de jogo. Agora, é aguardar a opção do treinador, se achar que devo ir, vou, senão, vou esperar minha oportunidade”, concluiu.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.