sábado, 16 de Julho de 2011 09:01h Atualizado em 16 de Julho de 2011 às 09:03h. Luciano Eurides

Henrique vai para o Santos

A diretoria do Cruzeiro confirmou, na manhã de ontem a venda do volante Henrique para o Santos. Na manhã desta sexta-feira, o grupo de investidores que detêm 80% dos direitos econômicos de Henrique, comunicou ao Cruzeiro que negociou o jogador diretamente com o Santos. Outra reunião definirá a venda ou não dos direitos que pertencem ao Cruzeiro para o clube paulista.


Henrique Pacheco Lima chegou ao Cruzeiro em janeiro de 2008 e em mais de três anos defendendo o clube cinco estrelas, o volante disputou 179 partidas e marcou 12 gols. Pela Raposa, o jogador conquistou o Campeonato Mineiro em três oportunidades (2008, 2009 e 2011).


O último jogo de Henrique pelo Cruzeiro foi em 25 de junho, na vitória celeste por 2 x 1 sobre o Coritiba. Na ocasião, o volante levou uma bolada na mão direita em uma cobrança de falta e teve de ser substituído. O incidente resultou em uma fratura no punho destro do atleta, que o afastou dos gramados por 40 dias. Ele segue em recuperação.
A sequência de três vitórias que o Cruzeiro conseguiu emplacar no Campeonato Brasileiro, contra Coritiba, Vasco e Grêmio, evidenciou o crescimento da equipe cinco estrelas na disputa. Depois de um tropeço ante ao São Paulo na rodada passada, o elenco quer retomar a arrancada celeste e vencer o Bahia neste domingo, em jogo marcado para às 18h30, na Arena do Jacaré, pela 10ª rodada do Nacional.


Para os jogadores estrelados, a evolução gradativa que a Raposa emplacou nos últimos jogos precisa ter continuidade. O atacante Wallyson acredita que se o Cruzeiro repetir a atuação exibida na vitória sobre o Grêmio (2 x 0) terá grandes chances de vencer. O velocista conta com o reforço da China Azul neste jogo. “Jogar bem dentro de casa, como foi no último jogo (contra o Grêmio), mantendo a concentração, a mesma pegada. O jogo será complicado, o Bahia é uma grande equipe, mas estamos preparados para enfrentar. Dentro de campo deixa com a gente porque vamos fazer o nosso melhor para vencer”, disse.


Embora atue em posição oposta a de Wallyson, o zagueiro Naldo concorda com o goleador e destaca que, para vencer o Bahia, o Cruzeiro tem que entrar em campo com a mesma vontade demonstrada nas partidas que confirmaram a reação celeste no Brasileiro. O defensor, que formará dupla de zaga inédita ao lado de Léo, dá a receita para o sucesso no jogo. “O segredo é fazer o que fizemos naqueles três jogos que vencemos (Coritiba, Vasco e Grêmio). Pegada, marcação forte e sair no contra-ataque. Isso nos favoreceu bastante no jogo e aconteceu que as vitórias apareceram. Cada um dando 100% de seu potencial no jogo, fez a diferença em campo”, ressaltou.
Os últimos detalhes da preparação da Raposa para o duelo de domingo serão acertados nos treinos que serão realizados nesta sexta-feira pela tarde e na manhã de sábado, quando o grupo estrelado iniciará a concentração para a partida.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.