terça-feira, 22 de Março de 2016 11:08h Site Oficial do Cruzeiro

Invicto contra o rival, Manoel quer manter a ponta da tabela no domingo

Títular do Cruzeiro e jogador que mais atuou com a camisa celeste no ano de 2015 com 49 apresentações, Manoel espera repetir a boa atuação da última partida no clássico do próximo domingo, contra o Atlético-MG, às 11h no estádio do Independência

Invicto contra o rival, Manoel quer o resultado positivo e a manutenção da primeira posição na tabela do Campeonato Mineiro.

“Estou invicto. Ganhei de 3 a 1 e empatei em casa. Esse é o nosso objetivo, chegar em primeiro lugar. A gente tem feito isso bem. Temos o clássico, será um jogo muito difícil, fora de casa. Sabemos o que precisamos fazer para conseguir um bom resultado. Jogo de muita entrega, muito pegado. Ganhei muito clássico no Paraná. E aqui em Minas estou invicto. O negócio é ficar ligado o jogo todo”, falou o zagueiro.

 

 

 

Manoel completou, no último domingo, na vitória sobre o Villa Nova, a sua 80ª partida com a camisa celeste. O jogador foi peça importante no triunfo e foi através dele que saiu a jogada do gol de empate. Porém o árbitro da partida, assinalou na súmula do jogo gol contra do zagueiro vilanovense Gabriel. Manoel não se importou com a marcação do juiz, pois sabe que a vitória foi mais importante.

Para o clássico do próximo domingo, Manoel acha que a equipe tem que marcar mesmo sem a bola e conversar bastante em campo. Para o defensor, o Cruzeiro não deve se preocupar somente com o individual, mas sim com todo o elenco do adversário.

 

 

“Pois é. Me tirou o gol. Mas o importante foi que conseguimos ganhar. A gente tem que se preocupar em fazer nosso melhor. Marcar bastante sem a bola. Não podemos nos preocupar com um jogador deles, mas sim com todos, a equipe rival é rápida. Nossa equipe se doa o tempo todo. Conversamos bastante.  Nosso ponto forte é que todo mundo procura se ajudar, todo mundo aqui é amigo”, finalizou.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.