segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2013 11:22h Ascom – Ministério do Esporte

Jardim Botânico de Cuiabá receberá os Jogos dos Povos Indígenas

Com a meta de assegurar a todos os atletas participantes e aos visitantes plena integração com o meio ambiente, a 12ª edição dos Jogos dos Povos Indígenas já tem lugar definido para sua realização. O evento, que acontece a cada dois anos e deverá ser disputado em agosto de 2013, terá como palco o Jardim Botânico, na comunidade Sucuri, em Cuiabá, capital do Mato Grosso. A definição do espaço, com a estrutura que envolve instalações como arena dos jogos, alojamento das delegações indígenas e feira de artesanato, foi acertada pela direção do Comitê Intertribal Memória e Ciência Indígena (ICT) e por membros das secretarias de governo do estado.

“A estrutura escolhida, primordial para a realização dos Jogos, é bastante adequada”, elogiou o coordenador de Cultura e Esporte Tradicional Indígena, Carlos Terena. Para ele, Mato Grosso é um celeiro de diversidade cultural indígena que merece ser aproveitado. “Aqui é propício para os Jogos, pois pouca gente conhece essa diversidade e o evento se propõe a mostrar a essência da cultura étnica”, afirmou.

Carlos Terena destacou o conceito dos Jogos Indígenas: “O objetivo é a integração das tribos, assim como a celebração das vivências como forma de resgatar a identidade cultural dos povos”. Durante encontro em Cuiabá, foram relatadas pelo ICT todas as diretrizes que envolvem o caderno de encargos e apresentadas as ações que envolvem os preparativos do evento. Também foram discutidas as competências de cada equipe da comissão de trabalho.

 

Tradição


A proposta para a edição de 2013 é reunir índios representantes de cerca de 40 etnias nacionais. As delegações disputarão dez modalidades esportivas e tradicionais presentes no cotidiano das aldeias. Arco e flecha, corrida de tora, natação, canoagem e arremesso de lanças são algumas delas. “Trata-se de uma tradição iniciada por nossos ancestrais, transmitida e atualizada de geração em geração, respeitando os valores e adquirindo o dom da partilha do reencontro entre parentes”, definiu Terena.

Os Jogos Indígenas deverão reunir mais de 1.400 atletas. A edição será organizada pelo Comitê Intertribal Indígena e pelo Ministério do Esporte, com apoio do Governo do Estado, Secretaria de Estado de Esportes e Lazer (Seel), Prefeitura Municipal de Cuiabá e Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.