quinta-feira, 30 de Outubro de 2014 05:28h

Joaquim Nabuco encerra torneio interno em grande festa

A Escola Estadual Joaquim Nabuco realizou os jogos finais do torneio interno de vôlei (Misto) e futsal (masculino e feminino), os jogos aconteceram no Poliesportivo Dr. Fábio Botelho Notini, no Centro de Divinópolis

No voleibol a final foi disputada entre 3º2 e 3º1, sendo a equipe do 3º2 vitoriosa por dois sets a zero, com parciais de 19×16 e 20×15. A equipe campeã, composta por Pedro, Vitor H, Igor, Higor, Gabriel X, David, Pamela, Amanda, Marcos e Luís.
No Futsal feminino novamente o 3º2 foi o campeão. A vitória foi por 4x0 e as alunas Ana Luisa e Dayana fizeram dois gols cada. O time jogou e venceu com Ana Luisa, Dayana, Luiza, Michelle e Ariene.
Ana Luisa foi o grande destaque e falou da importância do esporte e a necessidade em ter times de futsal feminino. “Faz um bom tempo que eu jogo futsal, jogava fora da escola, mas agora só na escola, gosto muito e sempre dedicando ao máximo, sempre estou assistindo jogos e hoje foi um bom jogo, valeu a pena, ano passado não conseguimos e esse ano foi merecido”, destacou ela que jogava futsal no Projeto liderado por José Levi, no bairro Planalto. “Ele era meu treinador e também o Rafael Lacerda, falta competições e escolinhas para meninas, ainda existe certo preconceito. Se tivesse apoio da prefeitura, dos professores e conheço muitas meninas que jogam futsal, se tivesse um time na cidade teria muitas jogadoras”, destacou.
No futsal masculino o 1º2 foi o campeão. O jogo dramático, Mateus abriu o placar depois de escapar pela direita, e chutar forte colocando o 1º2 na frente. O 2º 1 reagiu com Alex ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa Hilo recolocou o 1º2 na frente, mas o time parou para comemorar, o 2º1 aproveitou e Higor fez 2×2. O jogo foi para a prorrogação, nos cinco minutos extras Higor de fora da área chutou forte e deu a vitória para o primeiro ano.
Hilo destaque na partida considerou a partida difícil e em dois momentos distintos. “Achamos que seria um pouco mais fácil, final e muito apertado o jogo, tivemos falta de atenção, ficamos comemorando e eles em uma bola rápida fizeram o gol, ainda com um a menos e combinamos jogar fechados para sair no contra ataque, deu certo, continuamos na escola e podemos ainda jogar no ano que vem”, destacou e queria os jogos escolares. “Fez muita falta”, desabafou.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2018. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.