terça-feira, 5 de Julho de 2011 15:21h Atualizado em 6 de Julho de 2011 às 11:23h. Luciano Eurides

Joel Santana deixa escalação do time para os vestiários

O Cruzeiro encara hoje, 19h30min o Grêmio, na Arena do Jacaré, pela 8ª rodada do Campeonato Mineiro. O técnico Joel Santana acertou os últimos detalhes para mandar o Cruzeiro a campo pela terceira vez e mesmo embalado por duas vitórias consecutivas, o comandante celeste espera um duelo complicado e prega respeito ao adversário.


Joel Santana refletiu sobre a provável postura que o Grêmio deverá tomar na partida, já que o confronto será no território do Cruzeiro. O treinador da Raposa está certo que o adversário dificultará a vida da equipe cinco estrelas e por isso ela precisará ter paciência e muita atenção para vencer o jogo."Espero que seja sofrido mesmo. Vai ser sempre assim. Em Brasileiro é sempre assim. Não vamos ter um jogo fácil, o adversário vai procurar dificultar nossas necessidades, vai dar campo, jogar de contra-ataque, marcar forte. É uma escola que marca firme, principalmente os times do Sul. E vamos ter dificuldades de penetrar. Jogo será difícil, mas se for como antes e a gente vencer, tudo bem", analisou.


O técnico celeste quer o time concentrado no objetivo de conquistar o triunfo e dar sequência na evolução dentro do Brasileiro, iniciada assim que Joel Santana assumiu o comando da equipe azul e branco. O treinador reforçou que não espera um jogo fácil. “Não podemos achar que o jogo vai ser fácil. O Grêmio vem de algumas mudanças dentro do clube, os últimos resultados não foram positivos, houve mudança no comando. O que temos que fazer é pensar no nosso foco, que são os três pontos, sabemos que o jogo é difícil, como qualquer jogo do Campeonato Brasileiro. Espero que a equipe tenha uma produtividade como vem tendo nos últimos dois jogos”, frisou.


Questionado sobre a escalação da equipe estrelada para o confronto diante do Grêmio, Joel Santana afirmou que prefere levar a dúvida para o vestiário. Entretanto, o técnico ponderou que não pretende fazer mudanças, mas lembrou que todos os atletas relacionados têm sua confiança para ir a campo. “O time eu só digo na hora do jogo. De repente, a gente fala alguma coisa e amanhã a gente muda e não é bom para vocês da imprensa. É bom vocês terem o time certo. É último coletivo, não temos que ficar mexendo muito, criamos uma formação e dentro dessa formação vamos concentrar 20 jogadores, qualquer um deles tem condição de começar o jogo”, disse.


Durante a entrevista coletiva, Joel Santana exaltou o goleiro Fábio e o volante Marquinhos Paraná, que estão próximos de alcançar um número histórico de partidas com a camisa do Cruzeiro. O camisa 1 está prestes a completar 400 jogos (faltam cinco jogos), enquanto Marquinhos Paraná chegará aos 200 (faltam dois). O treinador azul e branco ressaltou a importância de contar com atletas experientes e que estão no clube há tanto tempo. "É bonito. Hoje, a venda de jogadores por ‘trocados’ é muito constante. É bom quando o jogador fica bastante tempo, pois até auxilia o treinador que está chegando, pois conhece tudo que acontece aqui dentro. Ficamos felizes quando o jogador permanece bastante tempo no clube, pois ganha um algo a mais, um carinho a mais no clube. O Fábio já está aqui há bastante tempo, o Paraná também. E que eles passem a nós que estamos chegando, como eu, que estou há poucos dias, a experiência que já têm, pois conhecem o clube melhor do que nós", enalteceu.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.