segunda-feira, 25 de Junho de 2012 10:16h Gazeta do Oeste

Jogador recusa bafômetro e tem carteira apreendida

Horas após a vitória do Atlético contra o Náutico, no sábado, o jogador Richarlyson, 29, foi flagrado visivelmente embriagado em uma blitz da Lei Seca, em Belo Horizonte.

Horas após a vitória do Atlético contra o Náutico, no sábado, o jogador Richarlyson Barbosa Felisbino, 29, foi flagrado visivelmente embriagado em uma blitz da Lei Seca, em Belo Horizonte. Ele seguia pela avenida Olegário Maciel, próximo à praça Raul Soares, no centro, quando, por volta das 3h de ontem, foi visto conduzindo um Porsche Cayenne com os faróis apagados.

 

 

Segundo o Batalhão de Trânsito, Richarlyson apresentava hálito com cheiro de álcool, olhos avermelhados e conversa lenta. Ainda conforme a corporação, o jogador admitiu ter ingerido bebida alcoólica, mas recusou o bafômetro.

 

 

Ele foi levado para o Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran), onde também se negou, posteriormente, a fazer o teste clínico e de sangue no Instituto Médico-Legal (IML). Por conta do flagrante, o atleta teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apreendida e foi liberado no início da manhã, por volta das 7h. O Porsche Cayenne, que pertence ao irmão do jogador, foi levado embora por uma mulher, que seria a namorada de Richarlyson.

 

 

Hoje, o jogador terá de se apresentar novamente à Coordenação de Operações Policiais (COP), na sede do Detran, onde vai responder administrativamente pelo flagrante. Mesmo quando o condutor se recusa a soprar o bafômetro, ele recebe multa R$ 957,70 e é punido com a soma de sete pontos na carteira de motorista.

 

 

A reportagem tentou falar com Richarlyson sobre o assunto, mas o celular dele e do empresário estavam desligados. A assessoria de imprensa do Atlético informou apenas que o jogador estava de folga no momento do flagrante e que, por se tratar de um problema particular, o clube não se manifestaria a respeito.

 

 

 

 

O TEMPO

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.