sábado, 11 de Agosto de 2012 09:04h Gazeta do Oeste

Jogador se acorrenta à sede da Federação Italiana

O zagueiro Emanuele Pesoli, do Verona, se acorrentou ao portão da Federação Internacional de Futebol neste sábado, em protesto pela suspensão de três anos que recebeu por ter participado do escândalo de manipulação de resultados no futebol italiano.

 

 

A condenação de Pesoli é uma das 23 que envolvem clubes e jogadores por arranjos de resultados na temporada 2010/2011 do Campeonato Italiano. O zagueiro defendia na época o Siena, investigado por ter combinado empates com o Novara e o Albinoleffe. Outro punido é o atual técnico da Juventus, Antonio Conte, que também comandava o Siena na ocasião. Ele foi suspenso do futebol por dez meses.

 

Pesoli, de 31 anos, disse que se sente "ferido" pela sentença e quer uma acareação com os que o acusam. "Não ponho em dúvida o trabalho dos magistrados, mas quero me defender de forma justa", afirmou o jogador, que promete ainda fazer greve de fome até ser ouvido. "É um protesto forte, mas estão destruindo minha vida e eu tenho que fazer alguma coisa."

 

 

Os envolvidos no esquema podem receber punições ainda maiores por conta da investigação criminal, que corre à parte da esportiva. 

 

 

 

 

HOJE EM DIA

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.