quinta-feira, 18 de Junho de 2015 13:18h

Jogadores do Atlético se preparam para encarar o Flamengo no Maracanã

Os jogadores do Atlético estão confiantes na conquista dos três pontos diante do Flamengo, às 16h30 deste sábado, no Maracanã. A partida será válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro

O volante Rafael Carioca afirma que o Galo vai ao Rio de Janeiro pensando somente na vitória. “Pelos nossos objetivos, a nossa intenção é chegar lá e vencer porque, dificilmente, um time é campeão ganhando só em casa. Temos que pontuar fora de casa e procurar vencer. Vamos lá buscando os três pontos, respeitando o Flamengo, só que, para o nosso objetivo, precisamos vencer para ficar lá em cima”, disse o meio-campista.
“Vai ser um jogo difícil, pelo fato do Flamengo estar jogando em casa, no Maracanã, que é sempre difícil. Temos que ter atenção porque, jogando fora de casa, a atenção tem que ser redobrada. Todo mundo precisa ter um pouco de consciência tática e se ajudar para que a gente possa fazer um bom jogo lá e sair com os três pontos”, acrescentou Rafael Carioca, que diz viver o melhor momento desde que chegou ao clube, em agosto do ano passado. “Consegui encaixar certinho ali no meio. Com o tempo, a gente vai se adaptando ao estilo de jogo e aos companheiros, sabe como que cada um joga. Então, acredito que este é o meu melhor momento aqui no Atlético”, afirmou.
O lateral-direito Patric também está otimista para confronto na capital fluminense. “A gente vem trabalhando para ficar no G-4. Temos um jogo muito difícil contra o Flamengo, mas estamos trabalhando para ajustar, consertar e crescer. Vamos com muita força e determinação para buscar os três pontos”, comentou Patric.
Homenageado nesta terça-feira no Museu Pelé, em Santos, litoral paulista, o meia Ronaldinho Gaúcho afirmou que não gosta de ver jogos de futebol, ao ser questionado sobre o desempenho recente da Seleção Brasileira e a disputa da Copa América. Além do time canarinho, o ex-jogador do Atlético, atualmente no Querétaro-MEX, falou sobre o interesse do Cruzeiro na sua contratação nos últimos meses. “É difícil falar, na vida de jogador as coisas podem acontecer. Mas minha história foi linda no Atlético e não me imagino com a camisa do Cruzeiro por tudo que vivi lá. Sou muito grato pela torcida. É muito difícil, pela história que eu tive no Atlético”, comentou.
Sobre a seleção de Dunga, o craque declarou que gosta de jogar futebol e não assistir. “Não tenho acompanhado, não gosto de ver, gosto de jogar. Não gosto de acompanhar. Não tenho paciência de ver os 90 minutos. Gosto de ver os melhores momentos, as melhores jogadas. Espero que ganhe, mas não tenho muito a opinar porque não estou acompanhando”, disse.
Ronaldinho foi homenageado pelo Projeto “Foot Fame”, que fica no Estádio do Castelão, em Fortaleza, e pretende ser a maior calçada da fama do futebol no mundo. O jogador é a 21ª celebridade a receber a honraria.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.