quarta-feira, 19 de Setembro de 2012 08:47h Gazeta do Oeste

Jogadores do Galo dizem que conversa com Cuca foi "importante e necessária"

A representação do Atlético foi marcada por uma longa conversa entre o técnico Cuca e os jogadores, na Cidade do Galo, nesta terça-feira. Na entrevista coletiva, o goleiro Victor falou sobre o bate-papo.

“Foi uma conversa importante e necessária, para corrigirmos e acertamos algumas coisas. A conversa e o diálogo fazem parte do futebol. Foi bastante produtiva e importante”, disse o camisa 83.

“Foi para ajustar algumas coisas. Não teve nada de broncas ou algo parecido. Foi para tentarmos corrigir. E falar da importância dessa semana. Foi de uma linha bem tranquila. Diálogo e troca de idéias para retomar o caminho”, complementou.

Durante a reunião, que durou cerca de uma hora, Victor foi um dos jogadores que pediu a palavra. “A gente tenta dar a colaboração da forma que a gente pode. Todo mundo tem a palavra aberta para falar. É o que eu falo, quem fala se compromete. Todo mundo tem essa possibilidade e o Cuca é aberto ao diálogo. Foi o momento para a gente trocar idéias em prol do coletivo, do time”, explicou.

Na briga pelo título brasileiro, o Galo perdeu na rodada passada para o Náutico, fora de casa. O próximo compromisso é contra o Grêmio, no Independência, domingo, às 18h30.

“Um pouquinho de chateação pelo jogo que a gente fez, pelo apresentado diante do Náutico, que foi muito distante do que a gente vinha apresentando. Muita chateação da parte de todo mundo. Pessoal meio que reclamando que era um jogo que a gente podia retomar a liderança. Mas ao mesmo tempo, levantando a cabeça e sabendo que não é todo dia que a gente consegue manter essa competitividade que a gente vinha mantendo. Conversa normal e tranquila”, sintetizou Richarlyson.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.