sábado, 19 de Março de 2016 04:35h Atualizado em 19 de Março de 2016 às 04:35h. Luciano Eurides

Jogadores do Guarani entram em campo para vencer. Se não vai na técnica, será na raça

O Guarani de Divinópolis não tem tempo para errar. O clima não é favorável para o time, a equipe, hoje, na lanterna do Campeonato Mineiro recebe o Boa Esporte, neste sábado, time que também luta contra o rebaixamento

A partida será às 16h, no Waldemar Teixeira de Faria. Uma derrota pode ser fatal para qualquer uma das equipes. Apita o jogo Ronei Cândido Alves, auxiliado por Celso Luiz Silva e Pedro Araújo Dias Cotta.

A novidade no Guarani estará no banco de reservas, é o treinador Ramon Menezes. Ele foi anunciado na terça-feira, treinou o time, não fez grandes mudanças na escalação, conta com apenas uma baixa, o volante Renan, ele está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O time treinou com: Leandro, Cordeiro, Lula, Murilo e Iago. Denilson, Genalvo, Caldeira e Jhonatan. Carlos Renato e Marcos Vinícius. Ainda utilizou, na última parte do treino, uma formação com três volantes, pode ser uma estratégia. Júnior Barros também esteve no time titular, mas como segundo atacante, uma função bastante diferente da já exercida por ele.

 

 

O treinador falou que não muda o esquema de jogo e nem quem estava na titularidade, mas quer uma mudança de atitude dentro do campo. “Sabemos da necessidade e importância desse jogo, o que ele representa para a cidade e para o Clube, para os jogadores, comissão técnica e diretoria. É o momento de unir nossa força para que as coisas aconteçam. Procuramos melhorar a parte tática e técnica, eles estarem bem e poderem fazer tudo aquilo que pedimos para o jogo. Não está definido o time, fiz um tático, vou pensar direitinho, e o importante é que todos os jogadores saibam o que fazer, o jogo é decisivo, pouco tempo de trabalho e vai mudar a filosofia, importante é todos estarem preparados e aqueles que forem a campo fazer um grande jogo, este é o objetivo”, disse o treinador Ramon Menezes.

 

 

O jogador Carlos Renato está de volta, ele saiu machucado e volta com o time na lanterna e de treinador novo, para ele, o time tem de jogar, só assim vai fazer valer o esforço dele, da diretoria e companheiros de trabalho. “Sem problemas, posso atuar sábado, já estou bem, e, se Deus quiser, com a vitória, com a presença do novo treinador muda a filosofia de jogo, mas o jeito de jogar de cada um não muda, a minha, por exemplo, bastante ofensiva e ajudando na marcação. Não tem nada definido, mas pelo treinamento, observamos o time que pode começar jogando, não sabemos ainda, estamos entrosados, jogamos juntos, se Deus quiser vamos vencer. O treinador tem uma bagagem boa, conhece, já jogou, sabe de futebol e vamos ter muita atenção ao que ele falar e quem começar o jogo estará bem preparado. No geral, ninguém queria estar na situação em que estamos, uma situação ruim, mas com a cabeça boa e pensando nos quatro jogos que ainda temos”, falou o atleta Carlos Renato.

 

 

Quem está de volta, e dessa vez em todas as condições de jogar, é o zagueiro Murilo. Em Tombos, jogou no sacrifício, mas agora, recuperado, sem dores, fala que a vitória precisa acontecer, se não vai na técnica, que seja na raça. “O treinador tem um jeito diferente de nos colocar dentro de campo, mas um trabalho bem feito e os jogadores mais rápidos, é possível que vão pegar o que ele quer que faça dentro de campo e expectativa muito boa de fazer uma boa partida, pois estamos precisando muito dessa vitória. Não há muito o que o treinador mudar, temos de mudar nossa atitude, acho que não temos tempo mais, quatro jogos e encarar um de cada vez como se fosse o último e, assim, conseguir as vitórias que precisamos neste campeonato. Agora não tem mais o que errar, nada diferente da vitória e sair dessa situação. Estava suspenso e acabei sentindo um incômodo na parte posterior da coxa, em Tombos estava sentindo um pouco, essa semana fui preservado, estou sem dores e vou com força total para sábado”, garantiu.

 

Os Ingressos para Guarani x Boa já estão sendo comercializados nos pontos de vendas autorizados. As vendas seguem até hoje, sábado (19), até 12h, e os valores são R$25,00 módulo e R$15,00 arquibancada, sendo que 40% dos ingressos disponíveis para venda serão de meia-entrada. Após às 12h, apenas na bilheteria do Farião.

Os 50 primeiros torcedores que adquirirem uma camisa do Guarani ganharão um ingresso (módulo) para o jogo contra o Boa Esporte. As camisas estão sendo vendidas na Galera dos Esportes.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.