quarta-feira, 31 de Julho de 2013 05:43h Luciano Eurides

Jogos da Taça Pará de Minas serão todos fora de casa

A 18ª Taça Pará de Minas finalizou a fase de classificação e a partir dessa etapa todos os jogos serão sem mando de campo. Os times de Divinópolis tiveram uma boa classificação. O Flamengo recebeu o Famorine da cidade de Bom Despacho em jogo válido pela T

A 18ª Taça Pará de Minas finalizou a fase de classificação e a partir dessa etapa todos os jogos serão sem mando de campo. Os times de Divinópolis tiveram uma boa classificação. O Flamengo recebeu o Famorine da cidade de Bom Despacho em jogo válido pela Taça Pará de Minas de Futebol. O time de Divinópolis se apresentou para a partida novamente com nove atletas em campo. Heroicamente conseguiu um empate em 3×3.
Se apresentaram para o jogo Hedmus, Lucas Gago, Michael, Gustavo, Ruan, Mateus, Pablo, Felipe Alexandre e Felipe Araújo. O jogo estava igual, embora a diferença de dois atletas. Aos 18 minutos de jogo, cruzamento na área do Flamengo e Andinho completou para o gol 1×0 para o Famorine. Um minuto depois o empate do Flamengo, Felipão recebeu a bola de Lucas Gago e empatou a partida.
No segundo tempo falha da defesa do time Rubro Negro e sofreu o gol aos cinco minutos de jogo. Aos 10, novamente o Famorine voltou ao ataque e marcou 3×1. Aos 14, Ruan recebeu a bola na área e no meio da confusão fez 3×2; aos 17, Felipe Alexandre ganhou a bola na frente e mesmo machucado teve força para invadir a área e chutar forte e dar números iguais ao jogo.
Na classificação final, categoria 2003, o Vasco da Gama terminou em primeiro lugar com 14 pontos e o Flamengo em segundo com 11 pontos. Na 2002, O Vasco em primeiro com 18 pontos e o Flamengo em terceiro com 14 pontos, mesmo número de pontos que o Famorine, segundo colocado, mas o time de Bom Despacho tem mais vitórias. Na 2001 o Vasco em primeiro com 29 pontos e o Flamengo em segundo com 23 pontos. Na 2000, o Vasco da Gama 21 pontos, em primeiro e o Flamengo em terceiro lugar com 13 pontos. Na 99, o Flamengo em primeiro com 25 pontos  e o Vasco da Gama em quarto com 16 pontos. Na 98, o Flamengo em segundo lugar com 19 pontos, atrás do Bela Vista de Cláudio com 20. O Vasco da Gama quarto colocado com oito pontos.
Na chave B o Palmeiras primeiro colocado na 2003 com 15 pontos ganhos. Na 2002, o Jusa Fonseca segundo colocado com 17 pontos, um a menos que o líder Araguaia e o Palmeiras terminou em terceiro com 12 pontos ganhos. Na 2001, o Palmeiras líder com 23 pontos. A 2000, novamente o Palmeiras na liderança com 19 pontos, o Jusa Fonseca terminou com nove pontos e quarta colocação. Na categoria 99, O Meninos do Bairro e Palmeiras empataram com 19 pontos, o time de Papagaios levou a melhor no confronto direto. Na 98, Palmeiras líder com 21 pontos e Jusa Fonseca com apenas sete pontos ficou em quarto lugar.
As quartas de finais estão marcadas para dia 10 de agosto, na categoria 2001 o Vasco da Gama entra em campo às 11h, contra o Araguaia de Nova Serrana e o mesmo confronto, porém  na categoria 2001 marcado para às 11h. Já às 12h, pela categoria 2002 o Vasco da Gama jogará contra o Guarany.  No mesmo campo, pela semifinal, no Campo do Rio Branco jogam às 10h a categoria 2003 sendo Vasco da Gama x Araguaia de Nova Serrana
No campo do Paraense o clássico divinopolitano na categoria 2002, Jusa Fonseca x Flamengo. O vencedor encara na semifinal o melhor de Vasco x Guarany. Na categoria 2001, às 10h Flamengo x Cruzeiro de Pará de Minas, o vencedor irá encarar o ganhador de Palmeiras x Bela Vista. Na categoria 2003 outro grande clássico, Palmeiras x Flamengo (este válido pela semifinal) e o vencedor irá enfrentar o ganhador de Vasco x Araguaia. Ao sol do meio dia jogam Famorine x Palmeiras na categoria 2002, o vencedor encara Araguaia ou Juventus.  As 14h, categoria 2001, Palmeiras x Bela Vista de Cláudio, pela categoria 2001, e o vencedor irá enfrentar o ganhador de Flamengo e Cruzeiro.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.