quarta-feira, 15 de Agosto de 2012 12:42h Gazeta do Oeste

Jon Jones, sobre Dan Henderson: 'Luta pode ser nocaute para mim com um soco'

Em preparação visando ao duelo contra Dan Henderson, no UFC 151, em 1º de setembro, em Las Vegas, Jon Jones demonstrou confiança para a quarta defesa de cinturão da categoria meio-pesado. Apesar de respeitar ‘Hendo’, ex-campeão do Pride e do Strikeforce, o campeão também se considera uma preocupação para o adversário.

Dan Henderson foi campeão do extinto Pride na categoria médio e também conquistou o cinturão dos meio-pesados do Strikeforce. O experiente norte-americano já derrotou nomes importantes do MMA, como a lenda russa Fedor Emelianenko, e vem de vitória em um duelo histórico contra o brasileiro Mauricio ‘Shogun’ Rua, quando ganhou na decisão unânime dos juízes, em novembro de 2011.

Jon Jones demonstrou respeito com o currículo do adversário, mas avisa que ‘Hendo’ também terá motivos de sobra para se preocupar com o duelo no UFC 151. “Dan Henderson está lá em cima, ocupa um lugar tão alto como nenhum atleta que eu lutei em 2011. Ele foi campeão em outras organizações e bateu Fedor e Shogun. Ele não é um cara fácil de ser levado”, avaliou o atual campeão dos meio-pesados.

Mas Jon Jones disse que o desafiante também precisa tomar algumas precauções para o duelo. “Todo mundo fala sobre o poder de nocaute de Dan Henderson, mas pode ser um nocaute para mim com um soco desta vez”, enfatizou o dono do cinturão, que apesar de destacar o currículo do adversário, não se impressiona com o estilo de Hendo.

“Não chamo qualquer coisa de problemas. Eles são mais como desafios a encarar para te deixar mais animado. Ele tem um direto bom, um bom gancho esquerdo, um wrestling forte, mas não é nada que eu nunca tenha visto antes”, frisou o ‘Bones’, que vem de sete triunfos consecutivos e conquistou o cinturão do UFC em março de 2011, ao derrotar Mauricio ‘Shogun’ por nocaute técnico, na edição 128.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.