quarta-feira, 23 de Dezembro de 2015 09:49h Luciano Eurides

Júnior Barros chega ao Guarani para uma temporada de afirmação como jogador profissional

O Guarani de Divinópolis recebe o atacante Júnior Barros, vindo do Atlético Paranaense, e para uma temporada de acerto no futebol

Promessa desde as categorias de base, ele ainda não assumiu a titularidade e a efetiva consagração, momento oportuno para o Guarani aproveitar a dedicação dele e, ao mesmo tempo, ele retribuir com muitos gols.

Natural de Carmo de Mata, seis anos no Atlético Paranaense, até o sub 20, uma grande promessa, depois foi arrolado nas promessas do futebol. Jogou o Campeonato Paranaense com o sub 23, depois a equipe principal assumiu a competição e novamente as chances de uma consagração ficaram para a próxima vez. O Guarani pode se apoderar disso, ter um atleta motivado individualmente e transferir tudo isso ao grupo.

Ele, pelo menos no papel, já esteve no Guarani. O atleta explica que dessa vez não tem volta, vai vestir a camisa do Bugre. “Venho para ficar, procurar meu espaço e ajudar o Guarani a fazer um bom Campeonato Mineiro, no final do ano passado, eu tinha acertado, mas com um acordo, se houvesse proposta da série A, acertaríamos amigavelmente, na época, surgiu a procura do Atlético-PR, mas agora estou aqui, para ficar e ajudar”, disse.

O atleta, de 22 anos, espera se destacar dentro do futebol mineiro. “Já tive notícia que é um campeonato bom, com grandes equipes e difícil. Chegou a hora de eu me afirmar e essa oportunidade é boa para achar meu espaço no futebol. Fiquei seis anos no Atlético-PR e justamente o último ano não foi bom, houve o campeonato estadual e eu jogando com o sub 23 e a diretoria achou melhor colocar o time principal, todos os sub 23 ficaram sem espaço, por isso, vim para Divinópolis. Quero trabalhar muito, respeitar a todos, sei que haverá cobranças e sempre é bem vinda, vou assimilar e tirar o melhor”, considerou.

Apesar de ser natural de Carmo de Mata, não chegou a jogar nas escolinhas de futebol da região, jogou contra o Guarani pela Taça BH de futebol. “Espero fazer os gols e comemorar com minha família que com certeza estará aqui na arquibancada torcendo pra gente”, confessou.

Os treinamentos do Guarani se encerram na tarde dessa quarta-feira, há uma grande folga até segunda-feira, pós-natal. A semana do ano novo deve conter treinamentos diários e o réveillon deve ser de muito trabalho para a equipe.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.