terça-feira, 6 de Outubro de 2015 10:43h Atualizado em 6 de Outubro de 2015 às 11:01h.

Jusa Fonseca é campeão júnior 2015

A equipe Júnior do Jusa Fonseca é a campeã 2015 da competição promovida pela Liga Municipal de Desportos de Divinópolis (LMDD)

O título foi conquistado depois que a equipe venceu nos pênaltis o PEC Candelária, na manhã desse domingo.

O PEC Candelária entrou em campo com a obrigação de vencer o jogo e assim, forçar uma decisão por pênaltis, e conseguiu. Com um gol de Lucas Soares no final da partida, a equipe visitante venceu o Jusa Fonseca por 1x0, o resultado levou às cobranças de tiros livres da marca do pênalti.

Nas cobranças, Jusa Fonseca 5x4 PEC Candelária. Marcaram para o PEC, os atletas: Tutti, Lorran, Lucas Soares e Ytallo. Para o Jusa Fonseca, assinalaram: Fredinho, Willian Ceará, Rodolfo, Gustavo e Léo Roque. Pelo PEC, Helbert chutou para fora e Diego (goleiro do Jusa) defendeu a cobrança de Harley. Já pelo Jusa, Danilo esbarrou na defesa do goleiro Gabriel, mas o arqueiro não defendeu a última, executada com perfeição por Léo Roque e assim, o campeão é o Jusa Fonseca. O artilheiro da competição é Yuri, da equipe do PEC, com nove gols, e foi devidamente premiado após a partida final.

O jogo não foi fácil. O time do PEC tinha uma marcação implacável e tentava encaixar um ataque perfeito. Os goleiros, Gabriel do PEC e Diego do Jusa Fonseca, não tiveram trabalho no tempo normal de jogo. Somente no final da partida, uma confusão na área, a bola alta, Lerete subiu e não alcançou, Renan cabeceou para baixo, a bola sobrou para o atacante, que chutou, bateu na defesa e sobrou para Lucas Soares, e enfim, colocou a bola para dentro do gol, isso na terceira tentativa seguida.

O resultado causou desconfiança, pois o goleiro Diego havia falhado na primeira partida da final e dependia da atuação dele nas cobranças de penalidades. Ele se redimiu do erro passado, após defender a última cobrança do PEC e conquistar o título. Diego comentou a situação. “Essa defesa do pênalti foi muito importante pra mim, eu estava em uma sequência muito ruim e graças a Deus consegui ajudar o Jusa, o time todo, quando eu errava, me apoiava. Ontem (sábado) à tarde foram o Lerete e o Batata no campo treinar. Eles foram me ajudar a sair dessa fase, aperfeiçoar algumas coisas que eu estava errando no jogo. Aceitei as críticas nas últimas semanas e usei elas para me fortalecer e voltar a ser como antes. Escutei muita coisa ruim de muita gente que não esperava, porém os amigos me ajudaram. Eu agradeço o Jusa no geral ( jogadores, diretoria, comissão e torcida), que acreditam em mim e aqueles que não acreditaram também, pois foi nas críticas que batalhei em cima, para mostrar pra mim mesmo que sou capaz de jogar como antes. Agradeço a você, Luciano, por dar evidência a minha atuação e ao futebol divinopolitano. E graças a Deus, conseguimos esse título com essa equipe merecedora, que é a do Jusa Fonseca, jogo a jogo, com vontade e felicidade de vencer, todos unidos, um clima bom, uma das melhores equipes que já joguei, quando não ia na habilidade, ia na raça. O título é nosso, com a glória de Deus”, desabafou.

O treinador do PEC Candelária agradeceu a todos os presentes e ressaltou ser a equipe dele ainda juvenil, assim já pensam no ano que vem, quando já são francos favoritos ao título. “Parabéns para vocês, que foram guerreiros o campeonato inteiro e chegaram até aqui porque fizeram por merecer e lembrando à torcida, que este mesmo time volta o ano que vem, são juvenis e têm um futuro pela frente, ao time do Jusa: os parabéns, ao Sassá, presidente e toda a comunidade presente, principalmente a torcida do PEC, que aqui esteve. Foi um jogo bacana e ninguém machucado, todos vão para casa, independente do resultado”, falou.

A festa no Jusa Fonseca contou com carreata, muita música e diversão. O PEC não se abateu, pois é um Projeto Esportivo que provou já dar bons frutos. Nasce um campeão, nasce um favorito para 2016, mantém a esperança das entidades públicas e empresas privadas ajudarem ainda mais a manter esses jovens no caminho do esporte.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.