quarta-feira, 18 de Janeiro de 2012 11:24h Luciano Eurides

Jusa Fonseca empata e segue líder da Supercopa dos Campeões

O Jusa Fonseca lidera a Supercopa dos Campeões do futebol amador de Divinópolis. O time azul e branco tem três pontos, uma vitória e cinco gols de saldo. O empate diante do Tupi não deixou de ser um bom resultado para a equipe da cidade, por outro lado, foi decepcionante para o time de Carmo do Cajuru. O Tupi tem de vencer o Padre Eustáquio pelo menos por seis gols para seguir lutando pelo título.
A partida entre Jusa Fonseca e Tupi foi bastante disputada e o placar somente foi aberto aos 25 minutos, quando em uma cobrança de escanteio a bola bateu e rebateu na área do Tupi, Guilherme apareceu para empurrar a bola para o fundo do gol.
No segundo tempo o time do Tupi cresceu, Tomás se tornava o principal jogador em campo e Marcelo não conseguia acompanhá-lo. O time azul e branco substituiu, Jannser entrou no jogo e melhorou a marcação. A pressão do Tupi foi crescendo já que a derrota tirava a equipe da competição. Aos 30, Tomás subiu em meio a muitos outros jogadores e conseguiu colocar a bola entre a trave e o goleiro e fazer o gol de empate.
Para o atleta Tomás a equipe deixou para jogar apenas na segunda etapa e foi tarde demais. “Não é hora de culpar ninguém, os 11 não jogaram fizemos 1x1, esperávamos virar o jogo, não deu certo, esperamos para jogar no segundo tempo e era tarde demais, o time ficou afobado, nervoso, não conseguiu. O gol não saiu”, disse.
O jogador Helder, experiente e firme no sistema defensivo. “A equipe deles é boa e fez pressão no segundo tempo e vamos para o último jogo em busca da vitória e ser o campeão. A defesa está bem, o ataque está excelente”, declarou.
Para o atleta destaque da equipe do Jusa Fonseca, o atacante Fabricinho que muito cansado lutou o tempo todo. “Não saiu o gol, o time muito compacto, vamos decidir agora quem vai ser campeão”, falou e assumiu que jogar contra uma equipe na qual a vitória é o único placar interessante é complicado. “Difícil, eles muito em cima, a gente pegou na bola alta, eles precisavam pelo menos do empate, por conta da última atuação fui mais marcado, mas a luta é a mesma. Tudo indefinido, muitas equipes fortes e isso fica mais gostoso”, falou o atleta.
O resultado não foi ruim para o Jusa Fonseca que jogou com Zé Maria, Kennedy, Valdeci, Helder, Felipinho, Motinha, Marcelo (Jannser), Guilherme, Marcelinho e Fabricinho.
O Tupi de Carmo do Cajuru vem com força total para cima do Padre Eustáquio atuou com Liquinho, Leandro, Dinei, Flávio, Pablo, Clebinho, Bruno, Tomás, João Paulo, Léo e Rinaldo.
No domingo jogam na preliminar Padre Eustáquio e Tupi, logo depois entram em campo Jusa Fonseca x Inter da Vila.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.