terça-feira, 29 de Setembro de 2015 11:34h Atualizado em 29 de Setembro de 2015 às 11:45h. Luciano Eurides

Jusa Fonseca sai na frente do PEC na decisão dos Juniores

A primeira partida da final do Campeonato da Liga Municipal de Desportos de Divinópolis (LMDD), na categoria Juniores, teve o Jusa Fonseca vencedor por 4x3

O jogo foi na casa do PEC Candelária, o Caldeirão do Diabo recebeu uma das melhores partidas de futebol do ano, as duas equipes jogaram bem e a arbitragem foi justa e não influenciou no resultado.
O placar refletiu muito bem o que foi mostrado pelos dois times. Em um jogo em que o PEC Candelária tinha que fazer valer o mando de campo, perdeu o meio de campo e foi vítima. O Jusa abriu o placar com Fredinho, em uma cobrança perfeita de falta, ele colocou a bola inacreditavelmente entre o goleiro e a trave. Na comemoração, abraçou o treinador, Acerola, e recebeu um carinhoso beijo do colega, Gabriel Dois Mil.
O PEC reagiu e mostrou toda a força, Hebert concluiu uma linda troca de passes dos companheiros e chutou cruzado para empatar a partida. Logo depois, a virada no placar. O goleiro Diego recebeu a bola recuada por Willian Ceará, tentou sair jogando com Gabriel Dois Mil, o chute não foi bom, a bola acertou Lucas e entrou. Foi a virada do PEC para o delírio da torcida do bairro Candelária.
O Jusa Fonseca, ainda no primeiro tempo, conseguiu o empate. Bola alçada na área para Tulio Batata cabecear com perfeição e fazer o gol dele na primeira partida da decisão. No intervalo, os times se concentraram e o Jusa propôs força no meio campo.
As roubadas de bola foram decisivas e o jogador Fredinho também. Ele fez dois gols, ambos pela direita, onde a bola colocada para ele foi mortal por duas vezes e por outra, o goleiro Roxinho fez a defesa perfeita. O PEC ainda diminuiu com Lucas Soares e Alyster teve a bola do jogo, depois do goleiro e a zaga do Jusa não se entenderem, a bola sobrou para o zagueiro e ele chutou para fora.
Para o jogador Fredinho, a vitória na primeira partida da final representa muito para quem busca ser campeão. "Importante, jogar aqui não é fácil. Campo pequeno e a torcida em cima o tempo inteiro, soubemos trabalhar bem a bola e conseguimos o resultado positivo. Já joguei aqui e nem comemorei direito os gols, em respeito ao Amauri (Reis), que faz um projeto muito bonito e eles me deram muita força quando estive aqui, mas hoje estou do outro lado e tenho que defender o Jusa Fonseca", falou.
O lateral Harley, do PEC, falou que as dificuldades eram esperadas. "Eles têm jogadores bons e experientes, mesmo sofrendo o primeiro gol, conseguimos virar, sofremos mais dois gols e mesmo assim, perseguimos o empate até o fim, mas não conseguimos. Não tem nada perdido, como eles ganharam aqui, nós podemos fazer bonito e ganhar lá. Estamos na final não é à toa. Temos que jogar com raça e coração", definiu.
Na categoria Juvenil, o Flamengo do Mendes Mourão venceu o Bela Vista de Claudio por 2x1 e fará a final na Cidade Carinho. Em ambas as categorias, não há saldo de gols, os times vencedores na primeira partida têm a vantagem do empate por qualquer placar, mas uma vitória daqueles derrotados nos jogos de ida, também por qualquer placar, leva a decisão para os pênaltis.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.