segunda-feira, 1 de Outubro de 2012 12:28h Gazeta do Oeste

Kaká joga 2º tempo e Real goleia o La Coruña com três de Cristiano Ronaldo

Depois de levar um susto com o gol do Deportivo La Coruña aos 15 minutos do primeiro tempo, o Real Madrid passeou pelo gramado do Santiago Bernabéu e terminou vencendo de virada, por 5 a 1. Cristiano Ronaldo balançou a rede três vezes, enquanto Pepe e Di María completaram a goleada. Riki foi o responsável pelo gol de honra dos visitantes.

Convocado para a Seleção Brasileira para os amistosos contra Iraque e Japão, Kaká substituiu o meia Ozil ainda no intervalo e jogou todo o segundo tempo. O brasileiro deve ganhar mais chances no Real Madrid depois que marcou três gols e foi eleito o melhor da vitória por 8 a 0 sobre o Milionários no Troféu Bernabéu.

A vitória deste domingo deixou o Real Madrid com dez pontos, na sexta colocação. São oito pontos de diferença para o líder Barcelona, que também venceu de virada no sábado. As duas maiores equipes da Espanha se enfrentam na próxima rodada, no Camp Nou. Já o Deportivo La Coruña, que tem seis pontos, visita o Rayo Vallecano.

Vindo de uma boa vitória sobre o Milionários da Colômbia, no meio da semana, quando a maioria de seus titulares foi poupada, o Real Madrid entrou em campo neste domingo, para a sexta rodada do Campeonato Espanhol, parecendo ainda estar de folga. Tanto que foi o Deportivo La Coruña o responsável por abrir o placar no Santiago Bernabéu, aos 15 minutos, com Riki.

O gol adversário foi suficiente para acordar os comandados de José Mourinho, que chegaram ao empate sete minutos depois, com Cristiano Ronaldo, em cobrança de pênalti sofrido por Di María. O argentino foi o responsável por deixar os merengues à frente do placar antes do intervalo, aos 37, ao completar rebote dado pelo goleiro Aranzubia.

Aos 43 minutos, o arqueiro do La Coruña voltou a rebater chute de Sergio Ramos e desta vez foi Cristiano Ronaldo quem apareceu para marcar seu segundo gol na partida, o terceiro do Real no primeiro tempo. Para a etapa final, a equipe voltou reforçada de Kaká no lugar de Ozil, mas o meia não conseguiu balançar as redes como na vitória do meio da semana.

Outro brasileiro foi o responsável por ampliar o placar. O zagueiro Pepe, naturalizado português, subiu mais que todo mundo para completar de cabeça o cruzamento de Sergio Ramos e fazer 4 a 1, aos 20 minutos do segundo tempo. Com boas tabelas entre Cristiano Ronaldo e Kaká, o Real quase aumentou a fatura.

Ao final, o meia brasileiro cruzou e o rival Evaldo tocou com a mão na bola dentro da área. Pênalti que Cristiano Ronaldo se encarregou de bater e mais uma vez não desperdiçou, liquidando a partida em 5 a 1.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.