segunda-feira, 3 de Fevereiro de 2014 04:06h

Kalil avisa: Messi não terá privilégios na Cidade do Galo durante a Copa

'Eu não dou tratamento especial para o Ronaldinho, vou dar para o Messi?', indaga presidente do Atlético-MG. A Argentina ficará no CT do time mineiro

A Cidade do Galo será a casa da Argentina durante a Copa do Mundo 2014. Durante o período de preparação e disputa da competição, Messi e companhia desfilarão seu talento pelos campos de treinamento do clube. O presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, disse que o craque argentino não terá privilégios por parte do clube alvinegro e que a torcida dos atleticanos será para os hermanos no torneio mundial.
- Eu não dou tratamento especial para o Ronaldinho, vou dar para o Messi? De jeito nenhum. O Ronaldinho que é nosso, não tem, que é tão bom, não precisa dar para o Messi. O Atlético-MG não vai dar tratamento especial nenhum.  
Kalil, entretanto, acredita que a torcida de todo o atleticano será para a Argentina durante a Copa do Mundo, a menos que os hermanos enfrentem a seleção brasileira em uma possível final de Copa do Mundo.  
- Vou torcer para a Argentina na Copa. A torcida do Atlético vai torcer para a Argentina na Copa. Claro, tirando o Brasil. Agora, se não for Brasil e Argentina na final, que aí não quero revelar para quem eu vou torcer, mas eu acho que eu, pessoalmente, estou torcendo para a Argentina. Afinal de contas, é a casa do campeão da América e pode ser a do campeão do mundo.
O técnico da Argentina, Alejadro Sabella, esteve na Cidade do Galo a pouco mais de uma semana. Ele visitou Belo Horizonte a fim de escolher um hotel para hospedar parentes de jogadores e integrantes da comissão técnica. 

 

Fonte: Globo Esporte

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.