quarta-feira, 28 de Maio de 2014 06:53h

Kalil se despede de Fernandinho com um 'tchau e bença'

O destino do atacante Fernandinho no Atlético foi definido na noite desta segunda-feira pelo presidente Alexandre Kalil.

Por meio do Twitter, o mandatário alvinegro anunciou a saída do jogador de forma intempestiva. “Resolvi. Fernandinho, siga a sua vida! 'Tchau e bença'”, disparou Kalil na rede social contra o jogador que já estava com o contrato suspenso pela diretoria desde o final de semana.
No último sábado, Fernandinho não quis viajar com a delegação para Ipatinga onde o Atlético iria enfrentar o Criciúma, pelo Campeonato Brasileiro. Isso porque o atacante, que está emprestado pelo Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos, até o meio deste ano, já disputou seis jogos pelo Galo e, se completasse o sétimo, não poderia se transferir para outra equipe da Série A.
Para ficar com o jogador, o Atlético teria que desembolsar 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 12 milhões). Agora, Fernandinho está livre para negociar com qualquer outro clube. Com a camisa do Galo, o atacante disputou 47 partidas e marcou nove gols desde quando chegou ao clube, em agosto do ano passado, logo após a conquista da Copa Libertadores.
Pela segunda vez consecutiva, os atleticanos do Vale do Aço vão encher o Ipatingão nesta quarta-feira, quando o Galo enfrenta o Fluminense, às 22h, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Diante do Criciúma, no domingo, quase todos os 16 mil ingressos colocados à venda se esgotaram. Agora, o mesmo cenário se repetirá contra os cariocas.
O zagueiro, Leonardo Silva, lembra que o Atlético é sempre muito bem recebido em Ipatinga e garante que o time vai se desdobrar para buscar os três pontos. “Sempre que o Atlético vem jogar aqui é bem recebido, é sempre casa cheia. Então, a gente espera retribuir todo esse carinho, toda essa confiança da torcida aqui do Vale do Aço para que a gente consiga uma vitória e presenteá-los com uma boa apresentação”, disse.
Diferentemente do domingo, o público do Vale do Aço terá agora a oportunidade de acompanhar um dos grandes clássicos do futebol brasileiro. Leonardo Silva lembra que os dois clubes protagonizaram o Brasileirão de 2012 e projeta mais um grande duelo. “É sempre um grande jogo. Tivemos vários confrontos em 2012, quando eles saíram campeões, mas o Atlético jogou muito bem. Foram grandes jogos. É um clássico nacional, no qual a gente espera uma grande partida, fazer um grande jogo como jogamos nos confrontos passados para que possamos sair também com a vitória”, recordou o zagueiro.
Se por um lado o técnico, Levir Culpi, não poderá contar com jogadores como Victor, Ronaldinho e Jô, por outro o Fluminense não terá o centroavante Fred, servindo à Seleção. Para Leonardo Silva, a ausência do goleador não deixa o rival mais fraco. “Nunca é fácil enfrentar o Fluminense, com o Fred, sem o Fred. É sempre um grande jogo, tem uma equipe muito qualificada, um elenco muito forte, então, temos que ter atenção a todos os jogadores. O Fred é um grande jogador, mas acredito que a equipe do Fluminense tem jogadores à altura para substituí-lo”, comentou.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.