sábado, 30 de Julho de 2011 09:56h Luciano Eurides

Leandro Guerreiro convoca a torcida cruzeirense para o duelo contra o Botafogo

O Cruzeiro terá pela frente mais um jogo decisivo no Campeonato Brasileiro. A Raposa travará um duelo “de seis pontos” hoje, às 18h30, na Arena do Jacaré, contra o Botafogo, em partida válida pela 13ª rodada da competição. Isso porque os dois times estão colados na tábua de classificação, brigando para chegar ao G-4, grupo dos quatro times que garantem vaga na Copa Santander Libertadores. Fator campo favorece a equipe celeste.


O time celeste está na oitava colocação na tabela do Brasileiro, com 18 pontos. O time cinco estrelas quer reagir imediatamente ao tropeço sofrido na última quarta-feira, em Goiânia, quando não conseguiu se impor ante ao Atlético-GO e acabou sendo derrotado por 2 x 0.


O Botafogo ocupa a sexta posição no campeonato, com apenas um ponto a mais que o Cruzeiro: 19. O time carioca sofreu três derrotas até aqui no campeonato, sendo duas fora de casa, o que pode ser um ponto positivo para a Raposa, já que o jogo será no campo do clube mineiro. Até porque, o Cruzeiro está invicto dentro de casa neste Brasileirão. A equipe celeste ainda não foi batida em seus domínios. Foram cinco jogos realizados na Arena do Jacaré, com três vitórias (2 x 1 no Coritiba, 2 x 0 no Grêmio e 2 x 1 no Bahia) e dois empates (Palmeiras e Santos, ambos por 1 x 1). Vale lembrar que o jogo contra o América-MG, embora tenha sido disputado no estádio de Sete Lagoas, o mando de campo era do time adversário.


O Cruzeiro conta também com o excelente retrospecto em cima do Botafogo, com 31 vitórias celestes contra 18 do adversário, além de 25 empates. O aproveitamento do time azul e branco é de 53,15%.


O técnico Joel Santana espera um jogo bastante disputado neste sábado. Para o comandante cruzeirense, a partida será a oportunidade que o time terá de se aproximar dos primeiros lugares na tabela do Brasileiro e o treinador celeste não quer desperdiçar a chance de subir na competição. “Acho que vai ser um bom jogo, as duas equipes estão motivadas, teremos oportunidade de jogar ao lado da torcida. Estamos em oitavo e estamos querendo chegar junto dos líderes. Para você ver como é o campeonato, no último jogo tínhamos possibilidade de chegarmos entre os quatro (primeiros colocados), perdemos e terminamos em oitavo. Agora temos oportunidade de ficarmos próximos de novo da equipe do primeiro pelotão, mas não é jogo fácil”, disse.


O volante Leandro Guerreiro projeta um jogo de alto nível e que o Cruzeiro possa exibir um grande futebol. O jogador sugere que o time celeste tenha como exemplo a atuação frente ao Corinthians, no fim de semana passado, quando a Raposa não deu espaços para o adversário e conseguiu vencer heroicamente. Para Guerreiro, a vitória estrelada começará a ser construída por meio de uma forte marcação.“Esperamos corresponder da melhor maneira e fazer um bom jogo como foi contra o Corinthians e como foi nos últimos jogos na Arena, onde estamos jogando bem. Temos que levar como exemplo, esse jogo (contra o Corinthians), principalmente de marcação e dedicação. Todo mundo batalhando. Esse jogo temos que levar para campo sempre. Temos que marcar da mesma maneira que marcamos contra o Corinthians. Só assim vamos conseguir nosso objetivos. Quem fazer a marcação mais forte, vai se consagrar campeão”, destacou.


Para vencer o Botafogo, Leandro Guerreiro conta também com o apoio da China Azul. O jogador frisa que o incentivo vindo das arquibancadas fortalece o Cruzeiro e, portanto, a presença do torcedor na Arena será indispensável para que o time cinco estrelas consiga vencer mais um confronto na competição nacional. “Torcedor tem que comparecer, nos ajudar. Sempre quando o torcedor compareceu fizemos bons jogos. Apenas um jogo na Libertadores que a equipe caiu na competição, quando o torcedor lotou o estádio e não fomos bem.  Nos outros jogos fomos bem. Temos que pedir apoio, pois é um jogo difícil.  Vamos precisar desse 12º jogador”, convocou.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.