quarta-feira, 20 de Março de 2013 07:23h ASCOM Ministerio dos Esportes

Legado do Pan de 2007, Complexo de Deodoro passa a receber prova internacional de hipismo

Construído pelo governo federal, o complexo esportivo é um dos maiores legados do Pan de 2007.

O cavaleiro olímpico Doda Miranda, organizador do Athina Onassis Horse Show, anunciou nesta terça-feira (19.03), em São Paulo, que a partir deste ano o evento será realizado no Centro Nacional de Hipismo General Eloy Menezes, no Complexo Esportivo de Deodoro, no Rio de Janeiro. Um dos eventos mais significativos do circuito internacional do hipismo, o Athina Onassis, marcado para outubro, “passa a ser um importante teste anual para as instalações olímpicas do Rio 2016”, disse Ricardo Leyser, secretário de Esporte Alto Rendimento do Ministério do Esporte, que conduziu as negociações para levar o evento para Deodoro.

Construído pelo governo federal, o complexo esportivo é um dos maiores legados do Pan de 2007. Além do centro de hipismo, Deodoro comporta o Centro Nacional de Tiro Esportivo Tenente Guilherme Paraense, o Centro de Pentatlo Moderno Coronel Eric Tinoco Marques, o Centro de Hóquei sobre Grama Sargento João Carlos de Oliveira e o Ginásio de Judô Geraldo Bernardes. Com uso intensivo desde a inauguração, as instalações já acolheram mais de 230 eventos de diversos tipos, entre mundiais, pan-americanos, sul-americanos, seletivas olímpicas e pan-americanas, disputas nacionais, estaduais e locais e inúmeras provas juvenis, além de treinamentos de atletas e seleções do Brasil e de outros países.

O complexo foi uma das principais sedes dos 5º Jogos Mundiais Militares (JMM), que reuniram 6 mil participantes de 111 países em julho de 2011, no Rio de Janeiro. Nesta semana, de 20 a 24 de março, está ocorrendo em Deodoro a etapa brasileira da Copa do Mundo de Pentatlo Moderno. No fim de fevereiro e início de março, ocorreu a etapa brasileira da Liga Mundial de Hóquei sobre Grama.

Parque Olímpico
As provas de hipismo dos Jogos Olímpicos e dos Jogos Paraolímpicos de 2016 vão ocorrer em Deodoro, que em recente visita da Comissão de Coordenação do Comitê Olímpico Internacional (COI) para o Rio 2016 ganhou status de Parque Olímpico de Deodoro. “Impressionante como essa notícia (do Athina Onassis) repercutiu de forma positiva com os cavaleiros de fora do Brasil, que vão ter oportunidade de competir na arena olímpica de 2016”, disse Doda durante entrevista coletiva no Jockey Club de São Paulo, nesta terça-feira (19.03).

Para o Rio 2016, o centro de hipismo vai receber novo piso, que segue os requisitos da Federação Equestre Internacional. “Nossa meta é implantar o piso já para o troféu Athina Onassis, para que os conjuntos de atletas e cavalos possam se familiarizar com a estrutura que vão encontrar nas provas olímpicas”, explicou Leyser.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.