terça-feira, 11 de Fevereiro de 2014 04:05h

Léo foi o destaque do Cruzeiro no clássico

O zagueiro Léo foi humilde. Questionado sobre os dois gols e a boa atuação diante do Coelho neste domingo, o jogador pouco falou de si e exaltou o desempenho dos reservas cruzeirenses.

"É difícil esperar (gols), por ser um zagueiro, que só fica ali atrás. Mas quando a gente tem a oportunidade de fazer gols, a gente fica feliz. Mostramos a força do grupo, que tem jogadores de qualidade. Está todo mundo unido, todo mundo crescendo o nível para que possamos chegar a um só objetivo", analisou.
Léo revela que a principal intenção do time era não levar gol. "Claro que íamos criar, como criamos várias oportunidades. Concluímos a gol e o objetivo era sair do zero, conquistar a vitória e mostrar a força da equipe aos jogadores, que conseguiram superar a falta de entrosamento, a falta de ritmo. Estão todos de parabéns pelo jogo que fizeram hoje", destacou.
Utilizando uma equipe B, o Cruzeiro bateu o América-MG, com facilidade, pelo placar de 2 a 0, neste domingo. Na vitória sobre o rival, ficou evidenciada não apenas a força do elenco celeste, mas também o grande potencial dos atletas formados pelo Clube estrelado, que hoje compõem o plantel comandado por Marcelo Oliveira.

Ao final do clássico, a Raposa tinha em campo nada menos que cinco atletas formados na base cinco estrelas: Mayke, Wallace, Eurico, Elber e Alisson. Em sua entrevista coletiva, o técnico Marcelo Oliveira destacou o bom momento do Clube na formação de jovens talentos para a equipe de cima do Maior de Minas. “Sempre falei que nós tivemos a sorte e o privilégio de encontrar no Cruzeiro uma geração muito bem formada, de meninos bons e de caráter. Eles são profissionais responsáveis, que gostam de trabalhar, que estão sempre muito disponíveis e muito felizes”, destacou.
Dentre os garotos que atuaram contra o América-MG, três deles receberam um destaque especial por parte do comandante celeste. O zagueiro Wallace, que fez a sua primeira partida frente à Torcida, no Mineirão, e o volante Eurico, que estreou pela equipe profissional, foram muito elogiados pelo treinador.“O Wallace vai ser um zagueiraço, pode ter certeza. Ele tem apenas que esperar pelo seu momento. O Eurico estreou ali marcando bem. É um bom marcador, vem treinando bem e tem muita disposição também”, enalteceu o técnico, que também exaltou as qualidades do armador Alisson, que aos poucos vem recebendo as chances de comprovar nas partidas, o talento demonstrado nos treinamentos.“Gostaria de falar do Alisson, que é um jogador que teve poucas oportunidades, mas que vem se dedicando muito nos treinos de uma maneira muito positiva. É um jogador técnico que faz recomposição, que tem velocidade. Às vezes em função do número de jogadores que a gente tem, ele tem tido poucas oportunidades, mas é um jogador que eu entendo que, em um futuro próximo, vai dar muitas alegrias à Torcida do Cruzeiro”, finalizou.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.