segunda-feira, 29 de Outubro de 2012 04:25h Gazeta do Oeste

Léo pede conversa para Cruzeiro acabar com oscilações

Com 14 derrotas e 12 vitórias no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro definitivamente não conseguiu encontrar um padrão de jogo e vem oscilando na competição desde o início.

Com 14 derrotas e 12 vitórias no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro definitivamente não conseguiu encontrar um padrão de jogo e vem oscilando na competição desde o início. Esta é a opinião do zagueiro Léo, que afirma que uma conversa entre os atletas e a comissão técnica, com o objetivo de corrigir as falhas da equipe e, assim, reencontrar o caminho das vitórias, precisa ocorrer.

 

“Essa oscilação que vem acontecendo nos jogos é um caso de ser conversado e bem discutido, porque não pode acontecer. Temos este desequilíbrio no campeonato, com um erro ou outro que fazem a diferença. Tem ainda a fase, que a gente pressiona e não consegue fazer o gol”, lamentou.

 

Para os jogos restantes do Nacional, Léo quer o time cruzeirense mais atento para evitar novos erros e derrotas. “Temos que ter atenção redobrada. E policiamento, para que a gente não dê margem para acontecer o erro. Temos que estar 110% ligados no jogo inteiro, para que a gente possa passar por essa fase ruim e voltar a vencer as partidas”, receitou Léo.

 

O próximo compromisso do Cruzeiro será contra o Santos, no dia 3 de novembro, partida que vai marcar a volta do time ao Horto, após cumprir pena de perda de mando de campo. Léo vê com bons olhos o retorno para Belo Horizonte. “No Independência, temos muito o que aproveitar, como o campo rápido e a torcida próxima, nos apoiando e ajudando”, finalizou o zagueiro.

 

 

 

 

 

SUPERESPORTES

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.