quinta-feira, 1 de Novembro de 2012 10:08h Luciano Eurides

Leston Júnior é apresentado como técnico do Guarani

Com relação a comissão técnica e jogadores ele não pretende trabalhar apenas com jogadores jovens, mas é uma tendência para o futuro da equipe

O Guarani apresentou manhã de quarta-feira o treinador Leston Júnior. Ele nasceu no Rio de Janeiro, mas se considera divinopolitano, ainda criança veio com o pai, o zagueiro Leston Isaias, então jogador do Guarani.

 


Leston Júnior iniciou a carreira de treinador ao lado do pai, nas categorias de base da cidade, depois assumiu o Divinópolis Esporte Clube (DEC) onde foi um dos fundadores ao lado de Rodrigo Santiago e Cristian Eduardo de Souza. Juntos apresentaram o Projeto junto ao Flamengo, em 2004, depois 2005 nasceu o DEC com a presença de Fabrício Souza (jogador profissional) e Gilson Morais (empresário e atual vice presidente do Guarani), ainda trabalhou na base de América, Cruzeiro e Bahia. Teve passagem pela Inter de Bebedouro e Olímpia, equipes do interior paulista.

 


Na apresentação ele ressaltou a importância de um trabalho a médio e longo prazo. “Feliz e aproveito a oportunidade para agradecer a direção do clube pela oportunidade e confiança em minha capacidade profissional. É um processo que o Guarani já vive algum tempo, um processo de reformulação e possibilidades que vem se realizando com pessoas de credibilidade , apoio e segurança”, falou.

 


Com relação a comissão técnica e jogadores ele não pretende trabalhar apenas com jogadores jovens, mas é uma tendência para o futuro da equipe. “São etapas para transpor com planejamento e a primeira delas é formar a comissão técnica. A multifuncionalidade dos profissionais tem surtido efeito nos clubes e espero que aqui consigamos montar uma comissão técnica interessante. A partir daí vamos direcionar a montagem de elenco, a reformulação não é só trabalhar com jogadores muitos jovens, mesmo pela necessidade da competição, mas precisa-se direcionar algo nesse sentido, este é o motivo da minha vinda, um trabalho a médio e longo prazo, ele tem de ser iniciado já introduzindo novos jogadores de Divinópolis e Região”, falou.

 


No dia do anúncio de Leston Júnior, se entre nós estivesse, Leston Isaías completaria 77 anos, ele comentou a data. “São as coincidências do futebol, é um fator importante e agrega valores e principalmente satisfação e prazer de estar a frente do Guarani, de onde ele estiver está feliz e orgulhoso, nos abençoando no trabalho”, falou.

 


Um dos convidados para a comissão técnica foi Leandro Mesquita, o popular Leléo que ainda não respondeu ao convite, pois inicia um trabalho junto à categoria de base do Vasco da Gama, embora os projetos possam ser somados. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.