sexta-feira, 3 de Outubro de 2014 05:56h

Levir não desiste da Copa do Brasil

A derrota por 2 a 0 no Itaquerão colocou o Atlético numa situação delicadíssima na Copa do Brasil.

Para avançar as semifinais, o time de Levir Culpi precisa agora vencer o Corinthians na partida de volta, dia 15, no Mineirão, por três gols de diferença, ou repetir o placar dessa quarta para levar a decisão para os pênaltis. Qualquer outro resultado dá a vaga aos paulistas.

Apesar disso, Levir ainda não jogou a toalha. Pelo contrário. Para ele, o Galo foi superior ao rival em diversos momentos do jogo em São Paulo e agora atuará respaldado pelos seus torcedores. “Vou ser sincero para você. Estou muito confiante, depois desse resultado negativo inclusive. Porque agora é nossa vez. Agora vamos jogar no Mineirão, com toda a torcida do Atlético, e eu tenho confiança que podemos reverter este resultado”, explicou.


O técnico também falou sobre a escolha do Mineirão como palco do duelo, o que dividiu a opinião dos atleticanos. “Eu jogo em qualquer lugar e os jogadores também. A diretoria tem que ver o que é melhor para o clube. No Independência nós colocamos acho que 15, 18 mil pessoas. A gente pode colocar 50 mil atleticanos no Mineirão. Não perdemos nenhuma partida no Mineirão este ano. Então, para mim é a mesma coisa”, disse.


Após o revés dessa quarta, Diego Tardelli surpreendeu e acenou com a possibilidade de participar do jogo em BH, mesmo tendo compromisso pela Seleção Brasileira um dia antes, em Cingapura. Para Levir, montar uma ‘operação de guerra’ para tentar contar com o principal jogador do time não está descartada. “[A declaração de Tardelli] mostra que realmente o cara está integrado e quer vencer. Mas é uma situação que nós vamos analisar juntos. Se houver esta possibilidade, com certeza pode acontecer”, afirmou o técnico.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.