terça-feira, 28 de Julho de 2015 11:53h Atualizado em 28 de Julho de 2015 às 11:54h. Luciano Eurides

Long Board sai na frente na decisão do Divinópolis Clube

A equipe da Long Board superou as dificuldades e ganha certa vantagem para a decisão do futsal do Divinópolis Clube

O time venceu a Lugo Esportes por 3 a 2 na primeira partida da final. Para o próximo sábado, quando será a grande final, o empate garante o título, mas todos os cuidados e alertas foram emitidos, pois o adversário não esteve em um dia feliz.

O pré-jogo teve como assunto principal os desfalques da Long Board. O goleiro Maikinho teve uma forte luxação no braço, o outro goleiro Marcelo passou por uma intervenção cirúrgica de urgência. João Flávio com uma final em outro campeonato, ainda Mimi e Renan eram duvidas, sendo Mimi jogou no sacrifício; a Lugo esportes com maior banco de reservas e atletas acostumados a grandes decisões era a favorita.

Dentro de campo o reflexo foi de uma Long Board ditando o ritmo que era bom para ela. A Lugo Esportes aceitou. O jogo teve um longo período de 0 a 0. Renan abriu o placar já na segunda metade do primeiro tempo. Na cobrança de falta, Ronaldinho defendeu bem e na volta Renan completou. Ainda no primeiro tempo, Renan aumentou para 2 a 0, não teve tempo para reação, o árbitro assinalou o fim da primeira etapa logo na saída de bola.

No segundo tempo, a obrigação de comandar as ações era da Lugo Esportes, mas como já havia feito um primeiro tempo no ritmo do adversário, não encontrou forças para isso. Fred Alvin em uma boa jogada rápida diminuiu, mas a resposta da Long Board foi com Lucas Simões e evitou o abafa. Ronaldinho chutou, a bola tocou no adversário e sobrou para Lucas Simões que viu o gol vazio e da quadra dele fez 3 a 1. Em nova jogada rápida da Lugo Esportes, Gabriel na frente do gol diminuiu.

O time da Lugo Esportes saiu de quadra com o mesmo sentimento da torcida. A equipe tem atletas capacitados para fazer muito mais. Para o jogador Leandro Morcego, é necessário finalizar mais e principalmente ter o sentimento de uma final de campeonato. “Pecamos na finalização. Tem hora que nosso time também peca demais na marcação, o time deles entrou com mais vontade, eles entraram verdadeiramente para uma final, nós não”, disparou o atleta.

A Long Board sabe não ter vencido a competição, mas deu um passo importante para a conquista e ainda cresce internamente, cria-se um grande grupo para encarar o último desafio.  Na avaliação de Lucas Simões o time mostrou estar motivado para ser campeão. “Superação de todos, motivação de jogar uma final, um adversário forte, com estrelas do futsal de Divinópolis, tivemos dedicação e empenho de todos e em prol daqueles que estão fora, temos de recuperar e conversar com todos, se não der vamos do mesmo jeito de hoje, pois motivação não falta nessa hora”, declarou. Para a final, o goleiro Marcelo espera poder atuar, embora Geovani, mesmo improvisado, tenha feito o papel dele. 

O futsal do Divinópolis Clube já tem 45 partidas realizadas, 484 gols marcados, uma média de 10,75 por partida. O artilheiro é Fred Alvim da Lugo Esportes com 25 gols marcados, Rodolfo, também da Lugo Esportes segue com 21 gols marcados e Lenison da Long Board não jogou, está lesionado, e segue com 15 gols marcados.

 

Créditos: Luciano Eurides

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.