sábado, 18 de Junho de 2011 13:30h Atualizado em 18 de Junho de 2011 às 13:40h. Luciano Eurides

Luís Gustavo pronto para defender o Guarani

O Guarani de Divinópolis de prepara a Taça BH de Futebol Júnior. O elenco aos poucos sendo montado para a segunda competição mais importante da categoria. Embora a competição seja para jovens talentos, a experiência conta muito. Nesse caso, Luís Gustavo, volante, de 17 anos está sempre preparado para atuar no Bugre Divinopolitano.


A jovem revelação do Guarani esteve no grupo de profissionais em 2011, onde agradou e chamou a atenção até mesmo da diretoria. No final dos trabalhos houve o interesse em contratá-lo. “Estou muito feliz, eu estava lá para aprender, pegar experiência com os jogadores, mais eu não percebi que isso poderia acontecer até porque eu era o mais novo, mas se eles mostraram interesse é porque alguma coisa eu tenho para mostrar”, disse.
Por todo o Campeonato Mineiro Luís Gustavo foi o mais jovem do elenco e muitas vezes encontrou dificuldades, minimizadas pelo apoio e incentivo dos jogadores e comissão técnica. “Eu recebi apoio total dos jogadores e comissão, foi uma experiência muito boa pra minha carreira, mas também havia cobrança porque era um elenco de qualidade e precisava mostrar isso”, considerou.


A pouca idade (17 anos) e sendo um dos mais experientes, o jogador deverá desde cedo assumir algumas responsabilidades. “A responsabilidade aumenta, porque é uma aposta da diretoria, mas se eles depositaram essa confiança no meu trabalho é porque eles sabem da minha capacidade e vou fazer o máximo pra mostrar que a aposta deles não foi em vão”, garantiu.


O fato de não ter atuado em nenhuma partida como profissional não deixou o jogador abalado e ele ainda acredita que a oportunidade vai chegar na hora certa. “Acho que a intenção da diretoria não era nos colocar pra jogar nesse campeonato, até pela falta de experiência que poderia prejudicar a equipe durante o campeonato, mais se precisasse de mim eu estaria à disposição”, e não descarta a possibilidade de realizar os sonhos. “Meu sonho não é diferente da maioria dos jogadores, que é ser reconhecido pelo seu trabalho, ajudar a família, chegar a um grande clube brasileiro ou do exterior e porque não na seleção brasileira”, finalizou.


Os jogadores se reapresentam na manhã de hoje para teste físico no Waldemar Teixeira de Faria. Domingo folga, voltando as atividades na segunda-feira, 9h, novamente no Farião.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.