sexta-feira, 21 de Janeiro de 2011 00:00h

Mancini trabalha para se readaptar ao futebol brasileiro

Meia diz que em breve estará perto do seu condicionamento físico ideal
Por Marco Antônio Astoni
Belo Horizonte

Mancini está de volta ao futebol brasileiro após oito anos jogando em clubes italianos. O meia está se readaptando ao esquema de treinamentos usados no Brasil e trabalha firme na pré-temporada do Atlético-MG, realizada na Cidade do Galo. O jogador disse que logo estará no auge da forma física.

- Está sendo legal. Muito puxado. É um tipo de treinamento que eu não fazia há muitos anos. O treinamento na Europa, nos clubes que passei, é totalmente diferente. E é normal. Estou no período de readaptação, mas já cheguei num nível físico muito bom. Até surpreendi os preparadores físicos. Então, devagarzinho a gente vai melhorando a parte física e a parte técnica. Mas está sendo gostoso, um trabalho bem feito e bem programado. É uma comissão técnica muito competente e tenho certeza de que, no início do campeonato, estarei muito melhor do que hoje.

O meia diz que a pressa é inimiga da perfeição e, por isso, tem paciência para conseguir uma vaga no time titular do Atlético-MG.

-Primeiro tenho que aprimorar minha parte física, depois tenho que buscar meu lugar no time. Ainda estou estranhando um pouco o campo, a bola, o forte calor que faz em Belo Horizonte nestes dias. A motivação e a vontade de chegar são muitas e em breve estarei fisicamente bem.

Para Mancini, o técnico Dorival Júnior só vai escalar quem estiver se dedicando nos treinos e rendendo bem em campo.

- Eu acho que este grupo é vacinado, é um grupo de grandes jogadores, considerado de nome e prestígio no futebol nacional. Se, de repente, um outro jogador que chegou agora ou subiu da base está melhor, vai jogar. O Dorival é inteligente o suficiente. Quem estiver melhor vai jogar. A titularidade você vai buscar em campo, com muito trabalho. No futebol, você tem que produzir e contribuir com o time. Se não estiver contribuindo, tem que ir pro banco e aceitar.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.