quinta-feira, 11 de Setembro de 2014 06:10h Atualizado em 11 de Setembro de 2014 às 06:12h.

Marcelo Moreno é absolvido pelo STJD

O atacante, Marcelo Moreno, continuará defendendo o Cruzeiro nas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro.

Artilheiro da competição com dez gols, o boliviano foi absolvido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) em julgamento nesta segunda-feira, no Rio de Janeiro.


A denúncia por punição a Moreno partiu do Santos, que acusava o atacante celeste de ter acertado uma cotovelada no zagueiro, Bruno Uvini, de forma proposital em uma disputa de bola no duelo entre as equipes. O jogo foi válido pela 15ª rodada do Brasileirão e o Cruzeiro venceu por 3 a 0, no Mineirão. No lance, o zagueiro santista fraturou ossos da face e precisou ser submetido a cirurgia.


O advogado, Teotônio Chermont, que defendeu o Cruzeiro no julgamento, explicou como foi a decisão do tribunal. “Ele foi absolvido pela grande maioria e teve apenas um voto divergente. A comissão entendeu que o lance foi absolutamente normal. Não se pode exigir que o atleta suba para cabecear a bola com o braço colado ao corpo porque ele não terá impulsão. Foi uma fatalidade. Isso não justifica uma punição”, declarou.


Marcelo Moreno estava enquadrado no artigo 254 (praticar jogada violenta) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), cuja pena varia de uma a seis partidas de suspensão.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.