terça-feira, 10 de Janeiro de 2012 10:17h

Messi é o melhor do mundo pela terceira vez

Guardiola é escolhido para comandar seleção dominada por Real e Barça

Josep Guardiola, do Barcelona, recebeu o prêmio de melhor treinador de 2011 na festa da Bola de Ouro da Fifa, nesta segunda-feira, em Zurique. A seleção de craques da temporada foi dominada por atletas da equipe catalã e do rival Real Madrid.

A equipe de melhores do mundo foi formada por:
Casillas (Real Madrid); Daniel Alves (Barcelona), Piqué (Barcelona), Sergio Ramos (Real Madrid) e Vidic (Manchester United); Iniesta (Barcelona), Xabi Alonso (Real Madrid) e Xavi (Barcelona); Messi (Barcelona), Cristiano Ronaldo (Real Madrid) e Rooney (Manchester United).

"Sou apaixonado por esse esporte e dedico o prêmio a todos os apaixonados, a todos os que ajudaram a desenvolver o Barcelona, o melhor clube de futebol do mundo", declarou Guardiola.

"Não importa o prêmio que eu receba, sinto que esse é um reconhecimento pelos 25 anos de trabalho no Manchester United. Eles sempre compartilharam da minha visão e paixão. Fui um técnico muito sortudo. Isso faz do clube algo muito especial. A coragem para jogar e buscar uma vitória é mais importante que tudo", emendou Ferguson.


Messi pela terceira vez –


O atacante Lionel Messi foi eleito nesta segunda-feira, pelo terceiro ano seguido, o melhor jogador de futebol do mundo. O argentino do Barcelona recebeu a Bola de Ouro da Fifa relativa a 2011 das mãos do ex-atacante Ronaldo, também tricampeão, em 1996 1997 e 2002 - além deles, só Zidane também recebeu o prêmio três vezes. Os demais finalistas eram Xavi Hernandez e Cristiano Ronaldo.


Gol mais bonito –


Fora da lista dos três melhores jogadores do mundo em 2011, o atacante Neymar não saiu com as mãos abanando da cerimônia da Bola da Ouro da Fifa, nesta segunda-feira, em Zurique. O primeiro gol que ele marcou contra o Flamengo, no dia 27 de julho, pelo primeiro turno do Campeonato Brasileiro, foi eleito em votação popular como o gol mais bonito de 2011, rendendo a ele o Prêmio Puskas.


Feminino –


Norio Sasaki, da seleção japonesa campeã mundial, foi considerado na eleição da Fifa o melhor treinador do futebol feminino.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.