terça-feira, 26 de Junho de 2012 15:07h Luciano Eurides

Minas Gerais lidera o Brasileirão

O resultado deixou o técnico Cuca bastante satisfeito com o desempenho da equipe. De acordo com ele, o placar mais elástico se deu ao bom aproveitamento do ataque alvinegro

Cruzeiro e Atlético terminaram a sexta rodada fazendo uma dobradinha. A Raposa lidera e o Galo vem logo em seguida e o estado agradece a boa fase das equipes mineiras. Destaque para goleada do Atlético por 5 a 1 sobre o Náutico, na primeira partida de Ronaldinho Gaúcho frente a torcida.

 


O resultado deixou o técnico Cuca bastante satisfeito com o desempenho da equipe. De acordo com ele, o placar mais elástico se deu ao bom aproveitamento do ataque alvinegro, uma vez que o time pernambucano foi um grande adversário. “Fizemos cinco gols, duas bolas na trave. Fizemos o maior número de gols em uma partida do campeonato e em um jogo encardido, mais difícil do que o jogo contra o Bahia, que empatamos. Mas, estávamos com o pé preciso e fizemos os gols. Foi um jogo que a gente sai muito feliz, principalmente, porque o Náutico fez uma boa partida”, analisou o treinador, que elogiou a atuação de Ronaldinho. “Fiquei muito satisfeito, a entrega, a doação. Principalmente, sendo um jogador visado como é. O Derley marcou individual o campo todo, fica muito complicado e, mesmo assim, ele teve momentos bons. A gente espera que vai melhorar porque ainda não tem uma adaptação, precisa ter mais conhecimento dos companheiros e isso ele vai adquirindo ao longo dos jogos, mas gostei muito da atuação dele”, afirmou.

 


Cuca concluiu comentando a substituição de Richarlyson na etapa inicial. “Às vezes, a gente tem que tomar algumas medidas radicais no jogo. Trocamos um jogador no primeiro tempo, um jogador importante, experiente, maduro, como o Richarlyson, não é de agrado do treinador, mas se fez necessário. Ele estava jogando na parte direita e não estava ocorrendo o que a gente queria, que era a saída com força, e tão pouco a marcação. A gente estava capenga ali, estava errado e o Martinez estava tomando conta daquele espaço. A gente tem que tomar uma medida, não adianta esperar segundo tempo. O Serginho, entrou deu velocidade, a caída pela direita junto com o Marcos Rocha e o Danilinho, participou do gol do Danilinho e entrou bem, mas nada contra o Richarlyson, são medidas que a gente, às vezes, tem que tomar”.

 

Cruzeiro

 


O atacante Anselmo Ramon tem mostrado seu valor dentro do grupo cinco estrelas neste Campeonato Brasileiro. O jogador tem sido acionado sempre no decorrer das partidas, mas sempre que entra, ajuda o Cruzeiro a vencer, marcando gols e exibindo um belo futebol, como foi na vitória de 3 x 1 sobre o Vasco, nesse sábado, em São Januário, que deu a liderança da competição à Raposa.

 

Anselmo Ramon participou de quatro dos seis jogos que o Cruzeiro disputou até aqui pelo Nacional, contra Atlético-GO, Botafogo, Sport-PE e Vasco, e marcou dois gols. Inclusive, nesse sábado, o atacante ganhou um presente ao anotar o tento que fechou o placar contra o Vasco, já que naquele dia, ele completou 24 anos. “Foi um gol especial. O jogo no São Januário foi muito difícil, sabíamos que seria complicado e conseguimos uma boa vitória. Graças a Deus, que me abençoou com um gol e pude comemorar meu aniversário com esse gol e a vitória”, disse ao Site Oficial do Cruzeiro.

 

Com atuações de destaque, muitas delas decisivas, como foi no duelo com o Botafogo, pela 3ª rodada, Anselmo Ramon vem mostrando sua importância no time celeste. Naquela partida, o atacante foi lançado no segundo tempo pelo técnico Celso Roth, quando o Cruzeiro estava perdendo por 2 x 0. No entanto, ele entrou muito bem, marcou o primeiro gol da Raposa e conduziu a equipe na impressionante virada.

 

Questionado sobre o fato titularidade, Anselmo Ramon faz questão de frisar que o Cruzeiro não se limita a 11 jogadores titulares, mas a um grupo forte. O atleta destaca que sempre que foi acionado, vai entrar para dar seu melhor e ajudar o time a manter o alto nível. “Aqui no grupo não tem reserva nem titular. Estou sempre à disposição do treinador, lógico que queremos jogar, mas respeito muito a opção do treinador e sempre que ele me escolhe eu procuro fazer o melhor pelo Cruzeiro”, concluiu.

 

Na temporada 2012, até aqui, Anselmo Ramon realizou 23 jogos e marcou 11 gols. Sete pelo Campeonato Mineiro, dois pela Copa do Brasil e dois pelo Brasileirão. O atacante é o segundo artilheiro do Cruzeiro na temporada, atrás de Wellington Paulista, que marcou 22.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.