quarta-feira, 25 de Julho de 2012 09:27h Gazeta do Oeste

Mineirão já planeja partidas do Mineiro e Brasileirão 2013

O fechamento do Mineirão, coroado por um show pirotécnico, poderia ter tido um final ainda mais emocionante, mas o Galo acabou frustrando sua apaixonada torcida e deixou a vitória escapar

Daqui a 150 dias, cerca de cinco meses de espera, o Mineirão estará pronto para abrir suas portas. A angústia do torcedor, aos poucos, vai chegando ao fim. Parece que foi ontem. Seis de junho de 2010. O Gigante da Pampulha abrigava sua última partida oficial antes da revitalização que o transformará para sempre. Dois alvinegros entraram em campo naquela data. Atlético, equipe mandante de um lado, Ceará, visitante do outro. Jogo morno e, até certo ponto, decepcionante.

 

O fechamento do Mineirão, coroado por um show pirotécnico, poderia ter tido um final ainda mais emocionante, mas o Galo acabou frustrando sua apaixonada torcida e deixou a vitória escapar. Derrota por 1 a 0, mas, na mente dos torcedores, apenas as lembranças de um tempo bom que ficou estático, apenas interrompido no espaço, adormecido, esperando a hora certa de se levantar.

 

Andamento das obras

 

E este momento, cada dia mais, aproxima-se, embalado pelo constante vai-e-vém das máquinas que remodelam o grande palco do futebol mineiro. No último relatório da Secopa, a constatação: 70% das alterações concluídas. Nitidamente, os novos espaços destinados aos torcedores já povoam o estádio, o mais visível deles é a arquibancada inferior, que conta com 80% da obra finalizada. Em recentes fotografias divulgadas pela Secopa é possível ver a dimensão do novo campo do Mineirão, deixando a arena bastante parecida com o padrão adotado pela Fifa em todas as competições sob a sua chancela.

 

A velha geral faz parte do passado: aquele sofrimento velado, onde os torcedores se esforçavam para ver o campo, sempre cercado por placas de publicidade. Obviamente que o charme, as figuras caricatas desaparecerão daquele recanto de mundo onde tantos se espremiam para vibrarem juntos. Porém, como ventos da modernidade recondicionam o futebol a um novo patamar esportivo, a comodidade do torcedor é essencial, tanto que outras etapas da obra vão se encaminhando para a conclusão, como é o caso dos 98 camarotes, que estão com 97% das divisórias concluídas. Deste total, 94 espaços terão capacidade para abrigar de 18 a 20 pessoas e os outros quatro de 43 a 60 torcedores.

 

Externamente a obra ganha contornos grandiosos. A esplanada nivela o estádio, conhecido por sua arquitetura tombada pelo patrimônio histórico, sendo que a integração com o Mineirinho se torna visível com o processo intenso de instalação das estruturas que se transformarão em uma passarela no formato de "Y".

 

Partida inaugural e preparação para as competições oficiais em 2013

 

Com a data da conclusão das obras marcada para o dia 21 de dezembro deste ano, o Mineirão será um dos quatro novos estádios do Brasil aptos a sediarem partidas do Campeonato Brasileiro de 2013. Acompanham o Gigante da Pampulha neste objetivo o estádio do Castelão (o que possui as obras mais adiantadas), a Fonte Nova e o Maracanã. Além do torneio nacional, o Mineirão deverá receber partidas do Campeonato Estadual a partir de fevereiro, verdadeiros testes para a Copa das Confederações em 2013, e a Copa do Mundo de 2014. A expectativa é que até mesmo um clássico entre Atlético e Cruzeiro marque a reabertura do estádio para o público. Outras alternativas são cogitadas, entre elas um amistoso com a presença da seleção inglesa de futebol, especulado principalmente pela imprensa britânica, bastante interessada na capital mineira desde a fatídica derrota do "English Team" para os Estados Unidos na Copa de 1950. O jogo, disputado no Independência, é considerado uma das maiores zebras do futebol mundial.

 

Com exceção do Maracanã, que deverá estar pronto até fevereiro do ano que vem, as demais arenas citadas têm prazo de entrega marcado para dezembro deste ano. Entre as quatro sedes, só Fortaleza não conta com um time na elite do futebol nacional. O Ceará, atualmente na segunda divisão, tenta retornar à Série A do Campeonato Brasileiro. O Vovô, justamente a última equipe a vencer no Mineirão, encontra-se na 11ª posição da Série B, com 17 pontos conquistados, seis a menos que o América/RN, último time no G4 da competição.

 

Como você pode ver, torcedor, falta pouco. Estamos na contagem regressiva. Faltam exatos 150 dias para o Gigante da Pampulha despertar. Quem está com saudade de ver a bola rolando no gramado do Mineirão?

 

 

 

 

 

 

 

O TEMPO

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.