quinta-feira, 10 de Outubro de 2013 11:46h

Ministro lança Segundo Tempo/Forças no Esporte em região de fronteira no Amazonas

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e o secretário nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, Ricardo Cappelli, lançam às 10h desta sexta-feira (11.10) o Programa Segundo Tempo/Forças no Esporte em São Gabriel da Cachoeira, município do extre

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e o secretário nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, Ricardo Cappelli, lançam às 10h desta sexta-feira (11.10) o Programa Segundo Tempo/Forças no Esporte em São Gabriel da Cachoeira, município do extremo noroeste do Amazonas que faz divisa com a Colômbia e a Venezuela.

Na véspera do evento, nesta quinta-feira (10.10), o ministro será recepcionado no Aeroporto de Manaus pelo comandante militar da Amazônia, general Villas Bôas. No dia seguinte, a comitiva segue para São Gabriel da Cachoeira, onde será recebida pelo comandante da 2ª Brigada de Infantaria de Selva, general de brigada Sergio Luiz Goulart Duarte, e pelo coordenador de núcleo do PST/Forças no Esporte, major Marcílio Lisboa Moreira.

A cerimônia de lançamento será realizada na 2ª Brigada de Infantaria de Selva do Exercito Brasileiro, em São Gabriel da Cachoeira. A vertente piloto do programa em regiões de fronteira contemplará 100 estudantes, entre 10 e 11 anos, de origem indígena, a maioria proveniente das comunidades Baré, Tukáno e Daniwa.

Entre as modalidades esportivas oferecidas, destacam-se o arco e flecha e a zarabatana, como forma de resgate cultural da tradição indígena. Também haverá aulas de futebol de salão, basquete, corrida de orientação e tênis de mesa. Para avaliar as condições de saúde da garotada, meninos e meninos foram submetidos a exames médicos e odontológicos.

Na 2ª Brigada de Selva, passa a funcionar um dos 132 núcleos de atendimento da parceria do programa de inclusão social do Ministério do Esporte com o Ministério da Defesa. Atualmente, o convênio contempla 12 mil alunos em 90 organizações militares das Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica) distribuídas em todos os estados e no Distrito Federal. Além da prática esportiva, são oferecidos reforços escolar e alimentar, acompanhamento médico-odontológico e noções de cidadania e civismo.

Cabeça do Cachorro
Também conhecido como “Cabeça do Cachorro”, por causa do formato de seu território – uma área de 109.185 quilômetros quadrados –, São Gabriel da Cachoeira abriga o Parque Nacional do Pico da Neblina. As terras indígenas Alto Rio Negro, Médio Rio Negro I, II e III e Rio Tea também integram o município.

A região, considerada ponto estratégico e classificada como área de segurança nacional, conta com sete pelotões especiais do Exército. São Gabriel da Cachoeira foi o primeiro município brasileiro a escolher prefeito e vice-prefeito indígenas. O fato aconteceu em 2008, quando se elegeram o prefeito Pedro Garcia, da etnia Tariana, e o vice André Baniwa, da etnia Baniwa.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.