segunda-feira, 29 de Agosto de 2011 10:05h Site Atlético e site Cruzeiro

Montillo decide clássico a favor do Cruzeiro

Apesar do domínio atleticano, o argentino fez dois gols e decretou a vitória celeste

Autor dos dois gols da vitória do Cruzeiro sobre o Atlético-MG, por 2 x 1, na noite deste domingo, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, o argentino Montillo destacou a importância do triunfo celeste, que foi decretado nos minutos finais da partida e colocou a Raposa na sétima posição ao término do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

 

 

“Importante ganhar o clássico do jeito que se ganhou. Acho que o Cruzeiro jogou bem, é a primeira vez que ganho o clássico e fazendo os gols, na verdade, para mim é muito importante. Hoje, fizemos uma partida muito boa, o time jogou muito bem e ganhar um clássico desses no final é muito importante para nós”, afirmou o meia, que considerou o seu segundo gol, marcado aos 43 minutos do segundo tempo, o mais bonito.

 

“Estava acabando o jogo e foi uma jogada individual. O Renan estava passando e quando ele quis voltar, não chegou. Estou contente, porque o time fez uma partida muito boa”.

 

 

O craque lamentou a ausência dele no confronto contra o Figueirense, na próxima quarta-feira, por ter que cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo, mas deixou bem claro que o elenco estrelado é forte e qualificado.

 

“Agora é comemorar hoje (domingo) e amanhã (segunda-feira) é pensar na quarta-feira. Infelizmente tomei cartão, mas aqui tem jogadores para suprir qualquer um”, comentou.

 

 

O atleta argentino, principal goleador do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro, com 10 gols, e vice-artilheiro da competição, atrás apenas do atacante Borges, do Santos, que tem 12, foi elogiado pelo técnico do Cruzeiro, Joel Santana, na coletiva concedida à imprensa após a partida.

 

“Montillo é um grande jogador, muito inteligente. Mudamos uma situação estratégica e ele soube jogar”, observou o comandante cinco estrelas.

 

SUPERIORIDADE ATLETICANA

 

O Atlético foi superior ao rival, mas perdeu por 2 a 1 para o Cruzeiro, neste domingo, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. O clássico foi válido pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, a última rodada do primeiro turno. Na próxima rodada, quarta-feira, o adversário será o Atlético-PR, em Curitiba.

 

 

O jogo – O Atlético quase abriu o placar logo aos dois minutos, quando Eron cruzou rasteiro pela esquerda, Guilherme chutou de primeira e a bola saiu rente à trave.

 

Aos 12 minutos, Montillo fez 1 x 0 para o rival. O empate atleticano quase veio logo em seguida no cruzamento de Serginho pela direita, mas a bola atravessou a grande área.

 

 

O Galo foi em busca do gol de empate e, aos 25 minutos, Caio sofreu falta pela direita, Richarlyson fez a cobrança e o zagueiro tirou quase em cima da linha. Na sequência do lance, André cabeceou para a defesa do goleiro.

 

Aos 30 minutos, em cobrança de falta da intermediária, Fillipe Souto levantou a bola na grande área e o goleiro saiu de soco para afastar o perigo.

 

 

Na última chance alvinegra da primeira etapa, aos 40 minutos, Guilherme cruzou e Serginho concluiu para a defesa do goleiro.

 

Segundo tempo – O técnico Cuca promoveu duas alterações no intervalo, substituindo Eron por Neto Berola e Caio por Daniel Carvalho.

 

 

O Galo chegou com perigo no lançamento de Daniel Carvalho para Guilherme, que estava em posição legal, mas a arbitragem assinalou impedimento. Aos cinco minutos, Daniel Carvalho levantou na área e Neto Berola desviou de cabeça, para fora.

 

Aos oito minutos, Richarlyson cruzou e a zaga fez o corte. Na continuação da jogada, foi a vez de Neto Berola fazer cruzamento para novo desarme da defesa.

 

 

O Galo pressionava e, aos onze minutos, Fillipe Soutto acertou um belo chute de fora da área e fez um golaço para empatar o clássico: 1 x 1.

 

Aos 17 minutos, Guilherme foi substituído por Magno Alves. Três minutos depois, Daniel Carvalho driblou Naldo e foi parado com falta. Ele mesmo cobrou a falta e a bola saiu por cima do gol.

 

 

A virada quase veio aos 25 minutos, na finalização de Magno Alves, mas a bola explodiu no zagueiro. O Alvinegro seguiu pressionando e, aos 36, Magno Alves sofreu falta perto da grande área. Fillipe Soutto fez a cobrança e a bola saiu por cima do gol. Aos 42 minutos, Montillo fez 2 a 1 para o rival.

 

FICHA TÉCNICA

 

 

ATLÉTICO 1 x 2 CRUZEIRO


Motivo: 19ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 27/08/2011
Estádio: Arena do Jacaré
Cidade: Sete Lagoas
Gols: Montillo (12’) (87’), Fillipe Soutto (56’)
Público: 16.626
Renda: R$
Árbitro: Sálvio Spínola Fagundes Filho (Fifa/SP)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (MG) e Helbert Costa Andrade (MG)
Cartões amarelos: Serginho, André (Atlético); Naldo, Roger, Fabrício, Fábio, Montillo (Cruzeiro)

 

Atlético
Renan Ribeiro; Serginho, Réver, Leonardo Silva e Eron (Neto Berola); Pierre, Fillipe Soutto, Richarlyson e Caio (Daniel Carvalho); Guilherme (Magno Alves) e André. Técnico: Cuca.

 

 

Cruzeiro
Fábio; Vitor, Léo, Naldo e Diego Renan (Gilberto); Fabrício, Marquinhos Paraná, Roger (Ortigoza) e Montillo; Anselmo Ramon e Wellington Paulista (Charles). Técnico: Joel Santana.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.