sexta-feira, 10 de Fevereiro de 2012 18:58h Atualizado em 11 de Fevereiro de 2012 às 10:47h. Luciano Eurides

Montillo quer Cruzeiro mandando em campo

Na semana passada, antes da partida contra o Guarani, de Divinópolis, o meia argentino Walter Damián Montillo destacava a importância de o Cruzeiro ser forte dentro de casa, que a Raposa, junto com a sua Torcida, tinha que ser um time quase imbatível na Arena do Jacaré. No entanto, a equipe foi surpreendida em Sete Lagoas e acabou sendo derrotada. Agora, para a partida contra o Tupi, neste domingo, às 17h, naquele mesmo estádio, pela 3ª rodada do Campeonato Mineiro.
Montillo diz que o Cruzeiro tem que se impor, comandar as ações e, principalmente, vencer.“Temos que entrar ligados, sabemos que do outro lado tem um time que quer ganhar também, mas que aqui é Cruzeiro! O time que tem que se impor dentro de campo é o Cruzeiro! Não podemos esperar que todos os times venham aqui, façam o seu trabalho, e a gente não faça o nosso. Nosso trabalho é ganhar, jogar bem, mas, neste momento, é mais importante ganhar do que jogar bem. Precisamos somar três pontos para pegar a confiança que está perdendo um pouco”, comentou.
No ano passado, o duelo contra o Tupi, pela primeira fase do Estadual, aconteceu no estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora, e houve empate em 0 a 0. Montillo, que naquela oportunidade chutou um pênalti no travessão, se recorda, e pede cuidado com o adversário neste domingo.“Me lembro do jogo contra o Tupi, jogamos lá (em Juiz de Fora), em um campo muito grande. Não sei se são todos os mesmos jogadores, mas é um time organizado. Temos que estar muito atentos e evitar surpresas, para não acontecer como no jogo contra o Guarani, pois, correr atrás (do placar) é muito difícil”.
Bastante tranqüilo, o meia argentino não esconde o desejo de voltar a balançar a rede. O último gol marcado por Montillo com a camisa do Cruzeiro foi há cinco meses, no dia 7 de setembro do ano passado, na derrota de 2 a 1 para O Fluminense, no estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de ser um dos principais articuladores do time e contribuir diretamente com assistências para gols, Montillo espera marcar:“Tomara que sim. Faz muito tempo que eu não faço gol, que não consigo ajudar o time com gol, apenas com assistências. Então, é sempre bom fazer gol. Mas sempre digo que, independentemente de quem fizer o gol, o importante é que o Cruzeiro ganhe. Fico contente da mesma forma”, disse.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.